publicidade

Cocada

Ex-lateral do Vasco
por Rogério Micheletti

Cocada, o Luís Edmundo Lucas Correia, lateral-direito do Vasco campeão carioca de 1988, mora em Campo Grande (MS), sua cidade natal.

Cocada é casado com Ainna e tem dois filhos: Gustavo e Luiz Henrique.

Ele é formado em Educação Física, trabalhou na categoria sub-20 do Operário (MS), tem um projeto de uma escolinha de futebol e é técnico de futebol profissional. Assumiu o comando da equipe da Internacional de Limeira em novembro de 2008. A Inter, um dia campeão paulista em 1986, vai disputar a Série A-3 em 2009.
 
Em novembro de 2010, começou a trabalhar na comissão técnica do Imbituba-SC, onde seu irmão Muller assumiu como treinador.

Permaneceu no Imbituba até abril de 2011 quando retomou suas atividades à frente da Escolinha de Futebol Muller Sports, além de trabalhar como professor de educação física no colégio FUNLEC.

"A maior revelação da Muller Sports é o lateral-direito Jean, do São Paulo Futebol Clube", relatou Cocada em 04 de junho de 2011, ao repórter Marcos Júnior, do Portal Terceiro Tempo.

O projeto para crianças carentes encanta o ex-lateral, que promete não abandoná-lo. "Eu e o Rudney, um dos meus irmãos, temos um projeto com crianças e adolescentes de 9 a 17 anos que escolheram o futebol como atividade de lazer. Os atletas que vão se destacando nós encaminhamos para clubes de maior estrutura, caso do Jean Rafael, que foi para o São Paulo, conta, que nasceu no dia 16 abril de 1961.

Cocada é irmão do atacante Muller, que fez muito sucesso no São Paulo nos anos 80 e 90. O ex-lateral é muito lembrado pela torcida vascaína, já que fez o gol do título carioca, sobre o Flamengo, em 1988.

Ele era reserva do gaúcho Paulo Roberto e foi colocado no lugar do ponta-direita Vivinho, já no final da partida. Depois de marcar o gol, Cocada correu em direção ao banco de reservas do Flamengo, provocou o técnico adversário e foi expulso. "Foi um desabafo, mas o mais importante mesmo acabou sendo o título do Vasco", comenta o ex-lateral, que cinco anos antes tinha passado meteoricamente pela Gávea. Com a camisa do Fla, Cocada fez apenas oito partidas em 1983, segundo do"Almanaque do Flamengo", de Roberto Assaf e Clóvis Martins.

Gosto pelo futebol

Como não perdeu o gosto pelo futebol, Cocada, que também teve passagens pelo Guarani, Santa Cruz e Farense (Portugal), ainda bate uma bolinha pelo "Muller Master", um time amador formado por familiares e amigos de Cocada.
 
ABAIXO, VÍDEO DA CONQUISTA DO TÍTULO CARIOCA DE 1988 PELO VASCO, BICAMPEONATO DO CRUZMALTINO, COM GOLAÇO DE COCADA

    ver mais notícias

    Pelo Flamengo:

    Atuou em oito partidas, em 1983.
    Fonte: Almanaque do Flamengo, de Roberto Assaf e Clóvis Martins

    Selecione a letra para o filtro

    publicidade
    • Tabela

    • BRASILEIRÃO 2017

    • Classificação
      Pontos
    • 1 Cor
      72
    • 2 Pal
      63
    • 3 San
      63
    • 4 Grê
      62
    • 5 Cru
      57
    • Veja tabela completa

    ÚLTIMOS CRAQUES