publicidade

Chico Serra

Tricampeão brasileiro de Stock Car
por Marcos Júnior Micheletti
 
O ex-piloto Francisco Adolpho Serra, o Chico Serra, que nasceu em 3 de fevereiro de 1957, em São Paulo, atualmente é relações públicas da BSS, empresa do ramo de blindagem automotiva.

Começou no kart, conquistando quatro títulos brasileiros (1972, 1973, 1974 e 1976) e dois títulos paulistas (1975 e 1976).

Em seguida passou para os monopostos com igual sucesso, conquistando títulos na Fórmula Super V (Paulista em 1976), e o vice brasileiro, também em 1976.

Em 1977 iniciou sua carreira na Europa, sagrando-se campeão inglês em 1977 e Mundial no mesmo ano, ambos na Fórmula V.

Em 1978 ingressou na Fórmula 3, conquistando o vice-campeonato inglês. Em 1979 foi campeão da Fórmula 3 Inglesa.

Despertou o interesse de Emerson Fittipaldi para competir por sua escuderia, a Fittipaldi, em 1981,  já sem o patrocínio da Copersucar.

A equipe estava em um momento difícil, rivalizando com carros equipados com motores turbo, enquanto a escuderia dos irmãos Fittipaldi contava com os Cosworth V8 aspirados.
Estreou no Grande Prêmio do Oeste dos Estados Unidos em 15 de março de 1981, com o modelo Fittipaldi F8C e conseguiu uma excelente sétima posição, mas nas 14 etapas restantes somente recebeu a bandera quadriculada em uma delas, na Espanha, em Jarama. Neste ano foi companheiro de equipe do finlandês Keke Rosberg.

Em 1982 marcou seu único ponto na categoria, com o sexto lugar obtido no Grande Prêmio da Bélgica, disputado em Zolder, a bordo do F8D, que utilizou nas 10 primeiras corridas do ano, quando foi substituído pelo F9 para o restante da temporada.

Ao término de 1982 a Fittipaldi encerrou suas atividades e Chico Serra assinou contrato com a Arrows para 1983.

O piloto começou o ano animado, pela boa estrutura da equipe, mas ele disputou apenas quatro das 15 etapas do ano (Brasil, França, San Marino e Mônaco), sendo substituído em seguida pelo belga Thierry Boutsen, que trouxe um patrocínio forte para o time inglês.

Retornou às pistas em 16 de junho de 1985 para uma única prova pela Indy, no Grande Prêmio de Portland. Ele guiou o carro #15 da Ensign com chassi Theodore e motor Cosworth, terminando a prova em 25º lugar depois de ter largado em 26º.

Voltou ao automobilismo brasileiro em 1986, quando iniciou uma vitoriosa carreira na Stock Car, conquistando o tricampeonato consecutivo da categoria (1999, 2000 e 2001). Primeiro com Ômega e nos dois outros anos com Vectra, mas sempre pela mesma equipe, a WB.

No total, Chico Serra acumulou 33 vitórias na Stock, além de 24 poles. Se afastou da categoria durante algum tempo, mas retornou em 2009 pela equipe Hot Wheels, mas não competiu na temporada de 2010.

Também competiu por outras categorias nacionais, como a Fórmula Uno, Sudam, Super Turismo e Fórmula Truck, GT3 e Endurance e atualmente acompanha o filho Daniel Serra na Stock Car.

Além de Daniel, tem mais dois filhos: Vicki e Paula e em 2010 perdeu seu irmão, o publicitário Affonso Serra, vítima de hemorragia cerebral. Ele foi presidente da agência DM9, uma das mais importantes do Brasil.

Em 17 de julho de 2011, Chico Serra fez sua última prova no automobilismo, pelo Brasileiro de Marcas, subindo ao pódio na segunda prova da rodada dupla da etapa paulistana, disputada em Interlagos. Ele terminou em terceiro, com o Honda Civic de sua própria equipe, a Serra Motorsport. A vitória foi de Thiago Camilo e o segundo lugar de Galid Osman.

Em 14 de maio de 2013 foi anunciado para comandar a equipe Hot Car no Campeonato Brasileiro de Turismo, categoria criada em substtuição à Copa Montana, extinta em 2012.
 
Em 10 de fevereiro de 2014 foi anunciado para dividir o carro da equipe Hot Car com o piloto Felipe Lapenna, na primeira etapa da Stock Car, em 23 de março de 2014.

Em 17 de março de 2014 foi um dos homenageados da 5ª edição do Velocult, evento realizado no Conjunto Nacional, na Avenida Paulista, por iniciativa do artista plástico Paulo Soláriz, com o objetivo de preservar a memória do automobilismo brasileiro.
 
Em 23 de março de 2014, em sua participação especial na prova de duplas da Stock Car, terminou em 19º lugar, com Felipe Lapenna.
 
Em 25 de fevereiro de 2015 foi anunciado para a corrida de duplas da Stock Car em Goiânia, em parceria com seu filho Daniel Serra, pela equipe Red Bull. A dupla familiar terminou em um bom 12º lugar, após largar em 26º.
 
Abaixo, um vídeo de Chico Serra, falando sobre sua contratação pela equipe Fittipaldi, por onde correu em 1981 e 1982.


    ver mais notícias
    ver mais Áudio

    Selecione a letra para o filtro

    publicidade
    • Tabela

    • BRASILEIRÃO 2017

    • Classificação
      Pontos
    • 1 Cor
      72
    • 2 Pal
      63
    • 3 San
      63
    • 4 Grê
      62
    • 5 Cru
      57
    • Veja tabela completa

    ÚLTIMOS CRAQUES