publicidade

Cacá Bueno

Pentacampeão da Stock Car
por Marcos Júnior Micheletti/colaboração de Lucas Micheletti

Carlos Eduardo dos Santos Galvão Bueno Filho, o Cacá Bueno, pentacampeão da Stock Car (2006, 2007, 2009 e 2012), começou no kart aos 12 anos, categoria onde obteve alguns títulos, como a Copa de Prata de Kart (1989) e o Campeonato Paulista de Kart, em 1992.

Carioca, nascido em 24 de julho de 1976, é filho mais velho do narrador Galvão Bueno, e irmão do também piloto Popó Bueno, Cacá passou a competir com carros de turismo em 1995, pela Copa Fiat Uno, ano em que foi escolhido como o melhor estreante da categoria.

Sua primeira temporada na Stock Car foi em 2002, e já eleito o melhor novato, com impressionantes marcas. Ele subiu ao pódio em sua segunda corrida, em Curitiba (2º lugar) e venceu três etapas (Rio de Janeiro, Guaporé e Londrina). Os resultado fizeram com que ele terminasse o campeonato em terceiro lugar. Ingo Hoffmann foi o campeão.

Foi vice-campeão nas três temporadas seguintes, tendo disputado o título até o final, uma vez contra David Muffato e as outras duas contra Giuliano Losacco. Neste período, obteve oito vitórias.

O primeiro campeonato foi conquistado em 2006, e no ano seguinte ele novamente ganhou, ambos pela equipe comandada por Rosinei Campos, o Meinha.

Em 2009 transferiu-se para a equipe de Andreas Mattheis e novamente ganhou o título da Stock, vencendo uma única corrida (a etapa de Salvador), mas mantendo uma ótima regularidade ao longo do ano.

Manteve parceria com a equipe de Andreas Mattheis, patrocinado pela Red Bull, até o final de 2016. Lá, também venceu também os campeonatos de 2011 e 2013.

Além da Stock, Cacá Bueno competiu e compete em outras categorias. Ganhou os três títulos da extinta Copa Fiat (antigo Troféo Linea), em 2010, 2011 e 2012. e foi vice-campeão do Campeonato Brasileiro de Gran Turismo pela equipe oficial da BMW em 2012, dividindo o comando do modelo Z4 com Cláudio Dahruj.

Em 27 de junho de 2012, após a segunda corrida da etapa disputada em Interlagos pelo Campeonato Brasileiro de Gran Turismo, Cacá Bueno falou com exclusividade ao Portal Terceiro Tempo, Clique no botão ao lado e ouça a entrevista exclusiva, concedida a Marcos Júnior.

Pela mesma BMW, foi anunciado em 2013 como um dos quatro pilotos da equipe para disputar o Mundial FIA GT Series, novamente com o modelo Z4, mas desta vez formando dupla com  Allam Khodair. Na equipe brasileira, o outro carro foi confiado a Ricardo Zonta e Sérgio Jimenez.

Cacá Bueno alcançou um recorde em 19 de setembro de 2010, quando atingiu a maior velocidade com um carro da Stock Car, durante teste realizado no lendário deserto de sal de Bonneville, na cidade de Wendover, em Utah nos Estados Unidos. Naquele dia, o piloto atingiu a marca de 345 km/h.

Apaixonado pelo Fluminense, clube que lhe concedeu o título de torcedor honorário, é casado com Talita Stoppazzolli, com quem tem um filho, Carlos Eduardo, o Cadu, nascido em 11 de maio de 2013.

Uma das experiências inesquecíveis de Cacá Bueno aconteceu pela TC 2000, categoria de turismo argentina, em 2012.

No circuito urbano de Buenos Aires, mais de 800 mil pessoas acompanharam a prova em que o brasileiro terminou em segundo lugar e lhe deixou na liderança do campeonato.

"Depois da corrida foi incrível. O público argentino é apaixonado por automobilismo. Eu calculo ter levado uns 40 minutos para caminhar uns 300 metros, que era a distância de onde eu deixei o pódio até o hotel, na mesma rua, tamanho era o assédio das pessoas. Foi inesquecível", lembrou Cacá durante entrevista ao Terceiro Tempo, em 2012.
 
Em 9 de setembro de 2016 anunciou sua transferência para a equipe Cimed Racing, para um contrato de cinco anos a partir de 2017.

CACÁ BUENO PARTICIPOU DA 100ª EDIÇÃO DO BELLA MACCHINA, CANAL DE AUTOMOBILISMO DO PORTAL TERCEIRO TEMPO. O PROGRAMA, COMANDADO POR MARCOS JÚNIOR MICHELETTI, FOI GRAVADO EM 15 DE FEVEREIRO DE 2017. ABAIXO, O VÍDEO, COM EDIÇÃO DE LUCAS MICHELETTI

Cacá Bueno participou da coluna "Personalidade", veiculada no Portal Terceiro Tempo em 07/04/2017 e publicada no jornal "Agora S.Paulo" em 09/04/2017. As repostas de Cacá estão abaixo:

Qual o seu time?
Fluminense.

Qual o jogo mais marcante?
Fla-Flu de 1995, com gol de barriga do Renato.

Qual a sua seleção de todos os tempos?
Não foi a melhor de todos os tempos, é bom frisar, mas a do tetra (1994) foi a que eu mais acompanhei.

Qual a camisa mais bonita?
A do Fluminense, claro! A mais bonita das galáxias. Depois vem a da Holanda.

Qual o melhor e o pior esporte?
Automobilismo o melhor, sem dúvida. O pior? Lacrosse (risos).

Em que rádio você ouve futebol?
Ouvia muito, hoje em dia é difícil. Lembro de garoto há 20 anos ouvir a Rádio Globo.

A revista que você lê.
“Exame”.

Qual o melhor e o pior presidente da história do Brasil?
Prefiro não comentar, desagradaria muita gente.

A personalidade marcante em sua vida:
Ayrton Senna.

Narrador esportivo de TV e de rádio.
TV: advinha (risos), Galvão Bueno. Rádio: José Carlos Araújo.

Comentarista esportivo de TV e de rádio.
TV: Reginaldo Leme. Rádio: sem preferência.

Repórter esportivo de TV e de rádio.
TV: Mauro Naves. Rádio: sem preferência.

Apresentador esportivo de TV e de rádio.
TV: Galvão Bueno. Rádio: sem preferência.

Apresentador de auditório de TV.
Silvio Santos.

Melhor ator e melhor atriz no Brasil.
Tenho vários que admiro, prefiro não citar só um.

Jornalista de TV.
Ricardo Boechat.

Programa esportivo de TV.
“Bem, Amigos”.

Quem melhor escreve sobre esporte no Brasil?
É difícil alguém escrever sobre todos os esportes. Existem ótimos jornalistas de futebol, de automobilismo...

O melhor e o pior cartola.
Difícil de citar o melhor. Pior tem vários.

O melhor e o pior técnico.
Os melhores: Tite, Abel e Muricy. Pior: não vou falar, mas tem um que não gosto e ainda está na ativa (risos).

EM 09 DE SETEMBRO DE 2017, CACÁ BUENO, FILHO DE GALVÃO BUENO, PENTACAMPEÃO DA STOCK CAR, LEVOU SEU PAI PARA UMA VOLTA RÁPIDA NO CIRCUITO DE LONDRINA. VEJA, NO VÍDEO ABAIXO:

 

    ver mais notícias

    Selecione a letra para o filtro

    publicidade
    • Tabela

    • BRASILEIRÃO 2017

    • Classificação
      Pontos
    • 1 Cor
      72
    • 2 Pal
      63
    • 3 San
      63
    • 4 Grê
      62
    • 5 Cru
      57
    • Veja tabela completa

    ÚLTIMOS CRAQUES