publicidade

Beijoca

Ex-centroavante do Bahia e do Vitória
Por Rogério Micheletti
 
O rebelde Jorge Augusto Ferreira de Aragão, o Beijoca, nunca teve a calma costumeira dos baianos.

Mas com sua incrível capacidade de fazer gols, o impetuoso atacante soube tranquilizar os torcedores do Bahia em momentos difíceis, principalmente nos anos 70. Em 2007, assumiu a função de auxiliar-técnico do Esporte Clube Bahia.

Em 2010, em entrevista à Revista Placar, Beijoca relatou o problema que enfrentou em sua carreira por conta do alcoolismo.
Em 1976, jogando pelo Bahia, na final do Campeonato Baiano contra o Vitória, Beijoca chegou às 4h da madrugada na concentração, alcoolizado. Deram um banho nele, comida e glicose.

Beijoca acordou no ônibus, a caminho do estádio e no caminho pediu para tomar uma cerveja. Entrou em campo contra a vontade do treinador, Orlando Fantoni, mas fez o gol da vitória, que deu o título ao Bahia.

Por incrível que pareça, o truculento ex-jogador não é nem sombra daquele homem que cansou de causar confusões inimagináveis dentro de campo. Depois de perder praticamente tudo o que tinha e se ver dominado pelo vício do álcool, Beijoca foi buscar na religião a força para mudar de vida. Tornou-se evangélico e atualmente prega em várias igrejas de Salvador.

No passado de atleta, o baiano de Salvador sempre foi muito querido pelos torcedores do Bahia. Nascido no dia 23 de abril de 1954, Beijoca começou a carreira nos juvenis do Bahia, onde foi campeão baiano em 1970/71, 1978, 1981/82.

Além do Bahia, ele atuou no São Domingos, Fortaleza, Sport, Flamengo, Catuense, Vitória, Londrina, Leônico, Sergipe, Mogi-Mirim e Guará.

Beijoca vestiu a camisa flamenguista em 1979. Atuou em apenas nove partidas (seis vitórias, um empate e duas derrotas) e marcou um gol, conforme consta no "Almanaque do Flamengo", de Roberto Assaf e Clóvis Martins.


 
    ver mais notícias

    Pelo Flamengo:

    Atuou em nove partidas, sendo seis vitórias, um empate e duas derrotas. Marcou um gol.
    Fonte: "Almanaque do Flamengo", de Roberto Assaf e Clóvis Martins.

    Selecione a letra para o filtro

    publicidade
    • Tabela

    • BRASILEIRÃO 2017

    • Classificação
      Pontos
    • 1 Cor
      72
    • 2 Pal
      63
    • 3 San
      63
    • 4 Grê
      62
    • 5 Cru
      57
    • Veja tabela completa

    ÚLTIMOS CRAQUES