publicidade
Ian Reutemann, de 14 anos, andou com o carro da categoria no circuito uruguaio de Mercedes. Foto: Imprensa/F4 Sul-americana

Ian Reutemann, de 14 anos, andou com o carro da categoria no circuito uruguaio de Mercedes. Foto: Imprensa/F4 Sul-americana

O argentino Ian Reutemann, de 14 anos, sobrinho do ex-piloto de F1 Carlos Reutemann, gostou da experiência com um carro da F4 Sul-americana na última segunda-feira (4), no circuito uruguaio de Mercedes. 

Foi a primeira experiência de Ian, campeão regional e argentino de kart, com o carri de motor Fiat de 150 cavalos e chassi francês Signatech.

"É um carro muito rápido, muito bom para quem está começando. Os freios impressionam, pois o piloto pode frear bem próximo da curva tamanha a eficiência. Gostei bastante da experiência e espero retornar ao cockpit em breve”, avaliou Reutemann, que também destacou o trabalho desenvolvido pelo promotor do campeonato, Gerardo `Tato´Salaverria e pelo responsável técnico, Nicolar Etchamendi.

“Toda a equipe da F4 Sul-americana está de parabéns. A categoria tem um método de trabalho muito interessante, principalmente com o sistema de aquisição de dados. Nessa fase da carreira, aprender a interpretar gráficos é de fundamental importância para os pilotos. A evolução é nítida”, completou Ian Reutemann.

Ian Reutemann (à esquerda) observa a telemetria ao lado de Gerardo `Tato´Salaverria após testar com o carro da F4 Sul-americana no Uruguai. Foto: Imprensa/F4 Sul-americana

CLIQUE AQUI E VEJA A PÁGINA DE CARLOS REUTEMANN (TIO DE IAN) NA SEÇÃO "QUE FIM LEVOU?".  

Carlos Reutemann, depois de Juan Manuel Fangio (pentacampeão mundial de F1), foi o piloto argentino de maior destaque na F1, com 12 vitóiras e seis poles. Em 1981, pela Williams-Ford, foi o vice-campeão, com 49 pontos, um a menos que Nelson Piquet, (Brabham-Ford), que venceu o primeiro de seus três títulos na categoria. Carlos Reutemann, que após deixar o automobilismo tornou-se governador da Província de Santa Fé, venceu o GP do Brasil em três ocasiões: 1977 (Interlagos); e em 1978 e 1981 em Jacarepaguá, as duas primeiras pela Ferrari e a última com a Williams.

Além do sobrinho de Carlos Reutemann, outro que guiou o carro foi o argentino Luca Longhi, mas este já havia experimentado o modelo em abril e junho e voltou à pista no sábado (2) e domingo (3).

"No primeiro dia, trabalhei bastante com o sistema de aquisição de dados e pude melhorar nos pontos do circuito em que eu não estava tão rápido nas outras vezes. Utilizamos pneus velhos porque guardamos os novos para o segundo dia, mas a chuva atrapalhou o trabalho, mas deu para aprender bastante e tive a oportunidade de guiar o carro com piso molhado, já que não tinha tido essa experiência. Estou satisfeito com os dois dias de trabalho”, avaliou Longhi.

Quem também testou o carro foi o argentino Luca Longhi. Ele andou no sábado e no domingo e enfrentou asfalto molhado no circuito uruguaio de Mercedes. Foto: Imprensa/F4 Sul-americana

De acordo com o site oficial da F4 Sul-americana, a etapa de abertura da temporada de 2017 está, a princípio, marcada para o dia 24 de setembro no Velo Città, em Mogi Guaçu, interior de São Paulo. 

Com informações de mediaonebr.com

CLIQUE AQUI E INSCREVA-SE NO CANAL BELLA MACCHINA DO YOUTUBE. ENTREVISTAS COM PILOTOS E O PROGRAMA "NOTAS DO CARSUGHI", COM O MESTRE AO LADO DE MARCOS JÚNIOR MICHELETTI FALANDO SOBRE F1, MOTOGP, STOCK CAR WEC, F-E, INDY E MUITO MAIS

CLIQUE NO LOGO ABAIXO PARA ACESSAR A HOME DE AUTOMOBILISMO DO PORTAL TERCEIRO TEMPO

COLUNAS: CLIQUE AQUI E ACESSE OS TEXTOS DE MARCOS JÚNIOR MICHELETTI NO PORTAL TERCEIRO TEMPO

Compartilhe:
Imagem Nuvem de Notificações

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2017

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Cor
    71
  • 2 Grê
    61
  • 3 Pal
    60
  • 4 San
    56
  • 5 Cru
    55
  • Veja tabela completa