publicidade
O atacante Jô recebeu o terceiro cartão amarelo na vitória sobre o Figueirense, por 4 a 3, sábado, em Florianópolis, e não poderá enfrentar o Internacional, seu ex-time, na quarta-feira, no Independência

O atacante Jô recebeu o terceiro cartão amarelo na vitória sobre o Figueirense, por 4 a 3, sábado, em Florianópolis, e não poderá enfrentar o Internacional, seu ex-time, na quarta-feira, no Independência

O atacante Jô recebeu o terceiro cartão amarelo na vitória sobre o Figueirense, por 4 a 3, sábado, em Florianópolis, e não poderá enfrentar o Internacional, seu ex-time, na quarta-feira, no Independência. Apesar de ainda esperar pela liberação de André, que está sem contrato com o alvinegro mineiro, o técnico Cuca deverá escalar Guilherme.
"Provavelmente (Guilherme titular), vamos trabalhar, temos provavelmente o retorno do André, vamos esperar para definir, mas é sempre bom a gente ganhar opções, é ótimo?, disse Cuca. Ele reconhece que a escalação de Guilherme mudará a forma de atuação do Atlético-MG.
Jô não será o único desfalque por suspensão. O volante Serginho, que entrou no segundo tempo, e é opção também para a lateral direita, foi advertido com o terceiro amarelo e cumprirá suspensão automática contra o Internacional.
"Para quarta-feira perdemos o Jô, o Serginho e vamos precisar de outras alternativas, fugir um pouco da característica da equipe jogar com o Jô, trabalhar para fazer um grande jogo diante da nossa massa, que vai fazer a diferença novamente?, observou Cuca.
Na vaga de Jô, para poder jogar, André terá de resolver, até terça-feira, um problema com o Dinamo de Kiev, que lhe deve "luvas?, para assinar novo vínculo com o alvinegro mineiro e ter sua situação regularizada junto à Confederação Brasileira de Futebol (CBF).
André já ficou de fora até mesmo do banco de reservas do Atlético nos últimos três jogos, contra Grêmio, Portuguesa e Figueirense, por conta do problema com o time ucraniano. Dessa forma, dificilmente o atleta terá condições de jogo para enfrentar o Internacional.
Sem Paulo Henrique, formado na base atleticana, que se recupera de lesão no ombro, Guilherme é a principal opção de Cuca para a função de centroavante. Porém, o treinador destaca que sem o jogador para fazer o pivô, precisará mudar a forma da equipe atleticana de jogar.
Guilherme se recuperou de lesão na panturrilha esquerda, que o tirou das sete primeiras rodadas do Brasileirão. Diante da Portuguesa, foi relacionado e cortado do banco de reservas. Mas contra o Figueirense, o jogador entrou no segundo tempo e marcou o gol da vitória, de virada, por 4 a 3.
"Poderíamos ter optado pelo Guilherme, mas entendemos que era prematuro, era melhor pegar um pouco mais de confiança, vinha de uma lesão séria no Campeonato Mineiro, ele entrou muito bem, lutou, participou de forma ativa em quase todas as jogadas de ataque?, explicou Cuca.
Foto: UOL

Compartilhe:
Imagem Nuvem de Notificações

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2018

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Pal
    59
  • 2 Int
    56
  • 3 Fla
    55
  • 4 São
    52
  • 5 Grê
    51
  • Veja tabela completa