publicidade
Sassá acerta soco em Mayke após a semifinal entre Cruzeiro e Palmeiras

Sassá acerta soco em Mayke após a semifinal entre Cruzeiro e Palmeiras

Do UOL, em São Paulo

A briga entre jogadores de Cruzeiro e Palmeiras no jogo de volta da semifinal da Copa do Brasil, em 26 de setembro, no Mineirão, resultou em três atletas denunciados pela procuradoria do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). O atacante Sassá, do time mineiro, e os laterais Mayke e Diogo Barbosa, da equipe paulista, foram enquadrados no artigo 254-A, que fala em agressão física e prevê suspensão de quatro a 12 jogos.

O julgamento do trio está marcado para sessão do STJD nesta quinta-feira (11), a partir das 14h, no Rio de Janeiro. Caso os palmeirenses sejam suspensos, eles devem ter que cumprir a pena no Campeonato Brasileiro, já que estão eliminados da Copa do Brasil.

O mesmo vale para o caso de Sassá se ele for punido com mais de dois jogos, já que o Cruzeiro só tem as duas partidas da final contra o Corinthians para fazer na competição. Ele já está suspenso automaticamente para o jogo de ida da decisão, nesta quarta (10), no Mineirão.

A confusão entre os jogadores aconteceu após o apito final. Diogo Barbosa foi expulso por agredir o zagueiro cruzeirense Léo, enquanto Sassá recebeu o cartão vermelho após acertar um soco no rosto de Mayke – que também tentou agredir o adversário e, por isso, foi mais um a sofrer expulsão.

Dentro de campo, Cruzeiro e Palmeiras empataram por 1 a 1. O resultado classificou para a final o time celeste, que havia vencido o jogo de ida no Allianz Parque por 1 a 0.

Foto: Reprodução de TV/ Fox Sports

Compartilhe:
Imagem Nuvem de Notificações

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2018

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Pal
    59
  • 2 Int
    56
  • 3 Fla
    55
  • 4 São
    52
  • 5 Grê
    51
  • Veja tabela completa