publicidade
Pinotti deverá ser convocado para esclarecer sua relação com Alan Cimerman. Foto: Thiago D. Rodrigues/Fotorua/Estadão Conteúdo - retirada do UOL

Pinotti deverá ser convocado para esclarecer sua relação com Alan Cimerman. Foto: Thiago D. Rodrigues/Fotorua/Estadão Conteúdo - retirada do UOL

Os bastidores políticos do Morumbi continuam agitados. Grupos de oposição do São Paulo protocolaram nesta terça-feira um pedido de reunião extraordinária. A ideia é que o diretor executivo de futebol, Vinicius Pinotti, esclareça a sua relação com o ex-gerente de marketing, Alan Cimerman, e as mesadas que foram dadas a ele entre entre abril de 2016 e fevereiro de 2017, como revelou o UOL Esporte.

"Foi uma iniciativa de alguns grupos da oposição, com o intuito de esclarecer notícias veiculadas pela imprensa do envolvimento de Alan Cimerman com o São Paulo, e pretendemos fazer isso dentro das normas do novo estatuto", disse o conselheiro Dorival Decoussau.

Segundo o estatuto do clube, o presidente do Conselho Deliberativo deve analisar a petição e convocar a reunião em até 30 dias. Para tanto, é necessário que o documento entregue nesta terça tenha ao menos 50 assinaturas de conselheiros - de acordo com a oposição, mais de 55 assinaturas foram colhidas. Essa é a segunda petição feita nesta ano pela oposição. O presidente do clube, Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, e Pinotti já falaram sobre a demissão do técnico Rogério Ceni.

"Ainda não tive acesso a tal documento. Caso não tenha problemas formais e atenda ao previsto no estatuto são 30 dias para marcar a reunião", afirmou Pupo.

De acordo com os documentos obtidos pelo UOL Esporte, Pinotti, então diretor de marketing na época dos pagamentos, transferiu ao menos R$ 54.600,00 para o antigo funcionário. De acordo com as notas fiscais, os depósitos foram feitos pelo diretor à empresa Team Spirit, de Cimerman, no valor de R$ 9.100,00 cada.

Cimermam foi demitido por justa causa em agosto pelo suposto envolvimento em um esquema de venda irregular de ingressos e camarotes nos shows de U2 e Bruno Mars, que serão realizados no Morumbi em outubro e novembro. O caso está sendo apurado pela polícia e o Tricolor calcula que os compradores foram lesados em ao menos R$ 2 milhões. Pinotti, vale destacar, deixou o marketing para assumir o futebol em abril e não há nenhuma comprovação de que ele estivesse envolvido no esquema. Não há, da mesma forma, nenhuma indicação que o pagamento mensal a Cimerman tenha a ver com algum ato ilícito no marketing são-paulino.

Compartilhe:
Imagem Nuvem de Notificações

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2017

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Cor
    72
  • 2 Pal
    63
  • 3 San
    63
  • 4 Grê
    62
  • 5 Cru
    57
  • Veja tabela completa