publicidade
Ricardo Oliveira está em jejum de gols nesta temporada pelo Santos

Ricardo Oliveira está em jejum de gols nesta temporada pelo Santos

O segundo compromisso do Santos na Copa Libertadores já terá caráter decisivo. Após empatar por 1 a 1 com o Sporting Cristal, no Peru, o time vai receber nesta quinta-feira, na lotada Vila Belmiro, o The Strongest, da Bolívia, às 21h45, mirando a liderança do Grupo 2.

O time boliviano superou o colombiano Independiente Santa Fe na sua estreia e saltou na frente na chave. Por isso, o Santos sabe da necessidade de triunfar nesta quinta, não só para assumir a dianteira do Grupo 2 da Libertadores, mas principalmente para evitar uma disputa de posição com o The Strongest no confronto de volta, na Bolívia.

Além disso, o Santos tentará manter o moral elevado após um início de temporada complicado. A avaliação é de que o time iniciou a sua recuperação no empate com o Sporting Cristal, com a exibição de espírito de luta para arrancar a igualdade no segundo tempo do duelo no Peru e depois sustentá-lo com grandes defesas de Vladimir.

No último fim de semana, mesmo poupando os titulares, goleou o São Bernardo por 4 a 1 pelo Campeonato Paulista. O jogo, aliás, aumentou as opções à disposição do técnico Dorival Júnior para o setor ofensivo, com as boas atuações do colombiano Vladimir Hernández e, principalmente, Bruno Henrique, autor de três gols.

Inicialmente, porém, Dorival não deve mudar o ataque. O treinador fechou o treino do time nesta quarta-feira, mas a tendência é a de que ele mantenha Vitor Bueno, que vem em declínio técnico após um ótimo início de temporada, e o colombiano Copete, dando nova oportunidade a eles entre os titulares.

Agora, porém, eles possuem "sombras" consideráveis e caso não façam o setor ofensivo funcionar, poderão ser trocados. A tarefa deles, e também de Lucas Lima, ainda será a de ajudar Ricardo Oliveira a encerrar o jejum de gols na temporada 2017, em que já enfrentou alguns problemas, o que incluiu uma caxumba que adiou a sua estreia neste ano.

"Faz parte acontecer alguns imprevistos, mas o importante é que ocasiões de gols estão sendo criadas. Fiz dois gols legais este ano e eles foram anulados. Estou participando de jogadas importantes dentro do nosso coletivo. Claro que não vou esquecer da minha função, que é a de fazer gol. Mas tenho de certeza que vai acontecer na hora certa. Espero que seja neste jogo de quinta-feira", afirmou.

A principal baixa do Santos nesta quinta-feira será o zagueiro Cleber, que ainda se recupera de dores no joelho. Sem ele, a dupla de zaga será formada por David Braz e Lucas Veríssimo. E o experiente zagueiro espera um apoio maciço das arquibancadas da Vila Belmiro, ainda mais que os ingressos se esgotaram nesta quarta.

"Me ajuda bastante o torcedor vibrando e cantando. Me empolgo, fico motivado. Bonito demais ver a Vila lotada, ainda mais na Libertadores em que viu o Santos ter três conquistas. Da mesma forma que o torcedor quer o tetracampeonato, eu também quero. É um sonho conquistá-lo. Conto muito com o torcedor, que eles possam mesmo nos apoiar até o final para conseguirmos a vitória" comentou David Braz.

Confira a tabela da Libertadores

O The Strongest chega para o duelo na Vila Belmiro embalado por ter eliminado Montevideo Wanderers, do Uruguai, e o Unión Española, do Chile, nas fases preliminares da Libertadores, além de vir de triunfo sobre o Independiente Santa Fe. Além disso, ainda não perdeu nesta edição da Libertadores, com quatro vitórias e um empate, com 14 gols marcados e apenas um sofrido.

O time apostará suas fichas na Vila Belmiro nos contra-ataques e em jogadas de bola parada, além do entrosamento de diversos jogadores com mais de dez anos de clube. E a esperança é a de que o volante Alejandro Chumacero, com passagem pelo Sport, mantenha a sua grande fase na Libertadores - já são seis gols marcados em cinco partidas disputadas.

Foto: Mauricio de Souza/Diário do Litoral/Estadão Conteúdo

Compartilhe:
Imagem Nuvem de Notificações

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2017

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Cor
    37
  • 2 Grê
    31
  • 3 San
    27
  • 4 Fla
    15
  • 5 Spo
    24
  • Veja tabela completa