publicidade
Santos está de olho em premiações na reta final do Campeonato Brasileiro. Foto: Luiz Fernando Menezes/Folhapress - retirada do UOL

Santos está de olho em premiações na reta final do Campeonato Brasileiro. Foto: Luiz Fernando Menezes/Folhapress - retirada do UOL

O tropeço do Santos para o Vasco, na última quarta-feira, praticamente findou o sonho de conquistar o título brasileiro após 13 anos e também ligou um sinal de alerta na Vila Belmiro. A diretoria do clube teme que a equipe repita, na reta final do Campeonato Brasileiro, tropeços que custaram eliminações precoces e muito dinheiro em caixa nesta temporada.

A mais recente, a inesperada desclassificação nas quartas de final da Copa Libertadores da América para o Barcelona de Guayaquil, em plena Vila Belmiro, no último dia 20 de setembro, trouxe prejuízos bem além do campo.

O clube deixou de faturar US$ 1,25 milhão (R$ 4,1 milhões pela cotação atual), premiação concedida pela Conmebol aos semifinalistas. Além disso, o presidente Modesto Roma Júnior já havia anunciado que pretendia jogar no Pacaembu, onde atingiu nas melhores arrecadações no ano a marca de R$ 1 milhão. A conta, portanto, ultrapassaria R$ 5 milhões aos cofres santistas.

As cifras poderiam aumentar em caso de vitória diante do Grêmio, hoje um dos finalistas ao lado do Lanús, da Argentina. A entidade sul-americana reserva mais US$ 3 milhões (R$ 9,8 milhões) ao campeão e US$ 1,5 milhões (R$ 4,9 milhões) ao vice, além das bilheterias.

Outra lamentação do Santos recai sobre a eliminação precoce para a Ponte Preta, nas quartas de final do Campeonato Paulista. Foi a primeira vez, desde 2009, que o clube não chegou a uma final.

Além da pressão sobre o trabalho do técnico Dorival Júnior, demitido menos de dois meses após a eliminação, a equipe deixou de ganhar a premiação destinada aos finalistas: R$ 5 milhões e R$ 1,65 milhão para o primeiro e segundo colocados, respectivamente. Por isso, a atenção é grande para a reta final do Brasileiro.

Se conseguir repetir o feito da última temporada, quando terminou na segunda colocação, o Santos receberá R$ 11,3 milhões. A derrota para os cariocas, no entanto, fez com que a equipe terminasse a 33ª rodada na terceira colocação, que rende significativa perda de valor: R$ 7,7 milhões.

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) anunciou no último mês que contemplará com premiações todos os 16 clubes que permanecerem na Série A. Para o quarto e último colocado com vaga direta para a próxima Libertadores a premiação cai para R$ 5,6 milhões, metade dos ganhos do segundo colocado. O Santos tem evitado projeções. Publicamente, em entrevistas, os jogadores asseguram que não jogarão a toalha mesmo já muito distantes do líder Corinthians.

"Mesmo antes desse jogo contra o Vasco, só pensávamos só em vencer. Agora, tentaremos só pensar na Chapecoense, não pensamos no Bahia ou no Grêmio, seria até um desrespeito contra a Chapecoense que tem jogadores de qualidade. Precisamos estar bem concentrados e focados para vencer somente este jogo", disse o lateral direito Victor Ferraz.

A equipe dirigida pelo técnico Elano enfrenta a Chapecoense na Arena Condá nesta segunda-feira (13). Depois, viaja para Salvador para enfrentar o Bahia, na quinta (16). No domingo (19), receberá o Grêmio, na Vila Belmiro. Os dois últimos jogos acontecerão contra o Flamengo, no dia 26, fora de casa, e o Avaí, no dia 3, como mandante.

Pesa a favor do Santos o fato de no primeiro turno ter feito uma série invicta contra os mesmos rivais. Foram três vitórias – Chapecoense, Bahia e Flamengo – e dois empates – Grêmio e Avaí. Em compensação, a equipe tem um dos piores desempenhos na Vila Belmiro em uma única temporada.

O clube ainda enfrentará um intenso processo político, com eleições presidenciais no próximo dia 9. O processo inviabiliza negociações de jogadores, além de definições sobre futuros de alguns jogadores e da próxima comissão técnica. Modesto busca a reeleição, enquanto outras três chapas já definidas fazem frente.

Compartilhe:
Imagem Nuvem de Notificações

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2017

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Cor
    71
  • 2 Grê
    61
  • 3 Pal
    60
  • 4 San
    59
  • 5 Cru
    56
  • Veja tabela completa