publicidade
Treinador deu explicações após derrota rubro-negra na Argentina. Foto: Luis Acosta/AFP/via UOL

Treinador deu explicações após derrota rubro-negra na Argentina. Foto: Luis Acosta/AFP/via UOL

O técnico do Flamengo, Reinado Rueda, calcou sua entrevista em duas situações. Inicialmente admitiu que o time sentiu o cansaço com a maratona de jogos. Em seguida, o colombiano foi um pouco mais crítico e cobrou melhor eficiência nas finalizações dos comandados.

"Já se sabe da quantidade de jogos que temos. São 84 jogos. Creio que o plantel tem suportado bem, chegou ao final do ano sem lesões consideráveis. Com esforço, viagens e torneios que disputou, creio que o plantel está em ótimas condições físicas. Mostrou isso contra um rival muito intenso. Só quem voltava de lesão é Everton, talvez por isso não foi titular", disse Rueda.

"Temos dias para nos recuperarmos, não conseguimos o resultado que queremos. Fizemos um grande jogo, mas faltou realizar situações que tivemos, umas ou duas. Um jogo que nos exigiu bastante. Independiente foi mais preciso que nós", completou o colombiano.

Por fim, Rueda elogiou bastante o adversário. Segundo ele, o Independiente é um time bastante intenso e exigiu bastante do Flamengo nesta quarta-feira, em Buenos Aires. Ele ainda cobrou melhor marcação da sua equipe.

"Independiente é muito coletivo e com muito desequilíbrio. Penso que fomos muito passivos na marcação, evitando faltas perto da área. Mas isso talvez permitiu a opção de desequilíbrio. Queríamos fazer o segundo gol e acabamos propiciando o contra-ataque", completou Rueda.

Com a derrota, o Flamengo terá que vencer por dois gols de diferença para ficar com a taça. Triunfo por apenas um gol levará a disputa para os pênaltis. O Independiente jogará por um empate na próxima quarta-feira, no Maracanã.

Compartilhe:
Imagem Nuvem de Notificações

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2017

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Cor
    72
  • 2 Pal
    63
  • 3 San
    63
  • 4 Grê
    62
  • 5 Cru
    57
  • Veja tabela completa