publicidade
Brasileiro é derrotado por Alessandro Giannessi, que agora joga contra o compatriota Fabio Fognini

Brasileiro é derrotado por Alessandro Giannessi, que agora joga contra o compatriota Fabio Fognini

Um brazuca a menos

A toada do primeiro set era favorável ao brasileiro Rogério Dutra Silva na primeira rodada do Brasil Open. Mas um erro no momento errado tirou um dos melhores brasileiros do ranking do torneio. O adversário de Rogerinho (84º o ranking da ATP) era o italiano Alessandro Giannessi (127º no ranking da ATP) e a torcida era favorável ao tenista da casa, embora em pequeno número nas arquibancadas da quadra central do Esporte Clube Pinheiros.

O primeiro set foi equilibrado, com os dois tenistas confirmando seus saques. O italiano se defendia bem, mas quando servia, Rogerinho era implacável, terminando rapidamente com os games nas suas bolas de fundo. O brasileiro jogava dentro da quadra, enquanto o italiano se defendia no fundo. Quando sacou, Giannessi teve dificuldades contra Rogerinho e quase foi quebrado por duas vezes.

Porém, quando precisava confirmar para empatar o jogo, no décimo game, Rogerinho falhou. Cometeu um erro não forçado e duas duplas faltas. O italiano ainda teve 3 set points para fechar o primeiro set em 6/4. A derrota num set onde foi melhor a maior parte do tempo não derrubou o brasileiro no início do segundo set. O italiano reclamava muito da falta de guarda-sol nos intervalos dos games.

O segundo set foi o inverso do primeiro. Rogerinho quebrou o italiano por duas vezes e confirmou seu serviço, abrindo 3 a 0. Mas nem o público e nem o tenista brasileiro esperavam tamanha reação do italiano, que quebrou o saque de Rogerinho no quarto game, confirmou seu serviço e voltou a quebrar o brasileiro. 

Com o jogo empatado em 3 a 3 no segundo set, Rogerinho passou a errar mais e o italiano cresceu no jogo. A partir daí, Rogerinho viu suas bolas pararem na rede, nenhum de seus slices entrarem e não venceu mais nenhum game. Giannessi fechou o segundo set em 6/3 e o jogo em 2 a 0.

Rogerinho esperava ir mais longe no torneio, mas não esteve num dia muito feliz para jogar tênis e enfrentou um adversário que se defendeu muito bem e foi fatal nos contra-ataques durante todo o jogo. Saiu abatido por ter ficado pelo meio do caminho no torneio em casa. O italiano Alessandro Giannessi segue no Brasil Open e joga as oitavas de final contra o compatriota Fabio Fognini.

Fognini classificado:

Após se classificar nas duplas com o compatriota Simone Bolelli, o italiano Fabio Fognini (42º no ranking da ATP) venceu na primeira rodada do torneio de duplas o também italiano Marco Cecchinato (185º no ranking da ATP). Em início de jogo tranquilo, Fognini abriu 5 a 1 no primeiro set, com duas quebras de saque do compatriota. Cecchinato ainda conseguiu uma quebra de serviço, mas não foi suficiente para evitar a vitória de Fognini no primeiro set: 6/4.

No segundo set, Marco Cecchinato voltou errando menos, defendendo-se bem das diagonais de Fognini e exigiu bastante do adversário. Com duas quebras de cada lado, o jogo ficou equilibrado e levantou o público na quadra central, principalmente nos duelos proporcionados pelos italianos e no lindo ponto em um slice perfeito de Cecchinato. O jogo chegou a 6 games iguais e no game desempate Fognini venceu sem piedade, fechando o set em 7/6 e o jogo em 2 a 0. Nas oitavas de final, Fabio Fognini enfrenta outro compatriota: Alessandro Giannessi, que eliminou Rogerinho na primeira rodada do Brasil Open.

Foto: UOL

Compartilhe:
Imagem Nuvem de Notificações

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2017

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Cor
    71
  • 2 Grê
    61
  • 3 Pal
    60
  • 4 San
    59
  • 5 Cru
    56
  • Veja tabela completa