publicidade
Uma coletiva de imprensa acontecerá na próxima semana sobre o problema de saúde do atleta. Foto: Thomás Santos/AGIF - retirada do UOL

Uma coletiva de imprensa acontecerá na próxima semana sobre o problema de saúde do atleta. Foto: Thomás Santos/AGIF - retirada do UOL

Pedro Ivo Almeida
Do UOL, no Rio de Janeiro

O atacante Roger, do Botafogo, teve detectado tumor renal. O jogador passará por cirurgia na próxima semana para que seja feita uma biópsia no tumor e então determinar a gravidade - maligno ou benigno.

Por essa razão, Roger não deverá mais defender o Botafogo na temporada.

Roger realizou um exame na última sexta-feira pera avaliar o risco cirúrgico e necessidade de intervenção cirúrgica.
 
O assunto vinha sendo mantido em sigilo a pedido do jogador, que gostaria de esperar o retorno dos filhos de uma viagem para contar pessoalmente à família.
 
Uma coletiva de imprensa acontecerá na próxima semana sobre o problema de saúde do atleta.

Paixão pelo Botafogo

Aos 33 anos, Roger se tornou um dos principais atletas do Botafogo na temporada. Ele tem contrato até o fim do ano, e acenou com a possibilidade de renovar com o clube carioca.
 
"O Botafogo hoje é o meu time do coração. Não tem como eu não amar o Botafogo. Há um tempo dei uma entrevista e falaram que eu estava fazendo lobby para renovar. Nunca fiz e nunca vou fazer. Tem uma frase do Muricy que eu gosto e uso sempre: aqui é trabalho. Se eu merecer uma renovação, legal. Se não, eu não faço lobby. O Botafogo vai no meu coração pelo o que fez pela Giulia. O que eu vivi com minha filha aqui, o que a torcida do Botafogo fez por mim, não tem como. O Botafogo é o time do meu coração", comentou o atacante em entrevista à Botafogo TV na noite da última segunda-feira.

Compartilhe:
Imagem Nuvem de Notificações

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2017

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Cor
    58
  • 2 Grê
    49
  • 3 San
    49
  • 4 Pal
    47
  • 5 Cru
    47
  • Veja tabela completa