publicidade
Diego Alves é o goleiro titular do Flamengo

Diego Alves é o goleiro titular do Flamengo

Leo Burlá

Do UOL, no Rio de Janeiro

O Botafogo conseguiu uma importante vitória por 2 a 0 contra o Flamengo, neste domingo (10), em casa. Além de conseguir os três pontos no Campeonato Brasileiro, o time alvinegro encerrou um longo jejum em partidas contra o rival e ainda ganhou confiança para disputar as quartas de final da Copa Libertadores. O herói da partida foi Roger, que fez os dois gols do jogo.

Desde março de 2015 o Botafogo não vencia o Flamengo. Os times tinham disputado oito partidas, com cinco vitórias rubro-negras e três empates.

No Brasileirão o Botafogo segue na sétima posição, agora com 34 pontos. O Flamengo ficou em quinto, com um ponto a mais. O time rubro-negro entrou no jogo com um time misto e facilitou a missão alvinegra neste domingo.

O clássico não começou com cara de clássico. Erros de passe e muita marcação deixaram o jogo frio por quinze minutos. Mas logo aconteceram chances de gol e cada centroavante teve duas. Roger errou um chute cruzado aos 17min e acertou um cabeceio perigoso aos 34min, mas Diego Alves fez uma defesaça. Já Guerrero quase marcou um golaço de falta aos 20min e, após boa tabela aos 36min, finalizou com perigo, mas para fora.

No segundo tempo Diego Alves não teve como parar Roger. Aos 10min, após cabeceio de Igor Rabello acertar a trave, o centroavante chegou sozinho para pegar o rebote e finalizar para o gol. O Flamengo tentou partir para cima, mas sofreu o segundo gol em contra-ataque bem criado pela direita. Após passe de Bruno Silva, Roger finalizou de dentro da pequena área.

Outro tabu caiu
O Flamengo não perdia um clássico contra rivais cariocas desde junho de 2016. Foram 17 partidas desse tipo durante esse período.

Sustos com os goleiros
Diego Alves e Gatito fizeram difíceis defesas no jogo, mas também deram sustos quando tiveram que usar os pés. Aos 18min, o flamenguista driblou Matheus Fernandes na área, mas por pouco não foi desarmado. Já o paraguaio errou um passe na área aos 30min, mas Everton Ribeiro não conseguiu finalizar na sequência.

Time misto
A escalação do Flamengo para o clássico foi surpreendente. Reinaldo Rueda colocou Réver, Diego, Berrío e outros jogadores importantes no banco de reservas. No time titular entraram jogadores que tiveram poucas chances na temporada, como Rômulo e Matheus Sávio, por exemplo.

Clima de paz

Recentemente aconteceram muitas brigas entre torcidas de Botafogo e Flamengo. Mas neste domingo finalmente o clima foi tranquilo no Estádio Nilton Santos e não houve qualquer ocorrência grave. Apenas provocações sadias, como a essa faixa do Botafogo, "não é moda", e gritos dos flamenguistas lembrando da semifinal da Copa do Brasil.

Vaias
Willian Arão, ex-jogador do Botafogo, foi bastante vaiado desde que entrou no jogo, aos 20min do segundo tempo. Ele saiu do clube alvinegro após disputa judicial em 2016.

Libertadores
Agora o Botafogo vai se concentrar na competição sul-americana. O próximo jogo será contra o Grêmio, na quarta-feira (13), também no Estádio Nilton Santos.

BOTAFOGO x FLAMENGO

Local: Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 10/09/2017
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG)
Auxiliares: Guilherme Dias Camilo (MG) e Sidmar dos Santos Meurer (MG)
Gols: Roger, aos 10min e 23min do segundo tempo.

BOTAFOGO
Gatito, Arnaldo, Marcelo, Igor Rabello e Victor Luis; Matheus Fernandes, Bruno Silva, Leandrinho (Dudu Cearense) e Valencia (Fernandes); Pimpão (Guilherme) e Roger.
Técnico Jair Ventura

FLAMENGO
Diego Alves, Rodinei, Rafael Vaz, Rhodolfo e Trauco; Cuéllar, Rômulo (Willian Arão) e Everton Ribeiro; Geuvânio (Berrío), Matheus Sávio (Everton) e Guerrero
Técnico: Reinaldo Rueda.

Foto: Thiago Ribeiro/AGIF (retirada do portal UOL)

Compartilhe:
Imagem Nuvem de Notificações

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2017

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Cor
    71
  • 2 Grê
    61
  • 3 Pal
    60
  • 4 San
    59
  • 5 Cru
    56
  • Veja tabela completa