publicidade
Cavalieri não gostou da forma como foi dispensado no Flu e pode ir à Justiça

Cavalieri não gostou da forma como foi dispensado no Flu e pode ir à Justiça

Leo Burlá
Do UOL, no Rio de Janeiro

Um dos oito tripulantes da barca que zarpou do Fluminense nos últimos dias de 2017, o goleiro Diego Cavalieri está disposto a endurecer o jogo com o seu ex-clube.

Ainda revoltado pela forma como foi desligado do clube, o camisa 12 já decidiu que não irá abrir mão de nem um centavo devido. Assim como Gustavo Scarpa, um de seus melhores amigos no clube, o jogador está certo de que acionará o clube judicialmente caso algo diferente do pagamento integral da dívida seja proposto.

Seus representantes já estiveram nas Laranjeiras na última semana, mas ainda não houve definição alguma sobre o caso. Muito chateado, Cavalieri já buscou seus pertences no centro de treinamento do clube e não escondeu sua insatisfação em contato com pessoas próximas no Flu.

Estima-se que o atleta tenha algo em torno de R$ 12 milhões a receber. Seu contrato tinha validade até 30 de dezembro de 2019, e a dispensa tardia deixou Diego Cavalieri ainda mais magoado. Sem muito tempo para agir, ele teme ficar sem alternativas para seguir a carreira neste primeiro momento.

O caso é tão delicado que o presidente Pedro Abad pediu uma ajuda a Ronaldo Barcellos, vice-presidente comercial. O dirigente está na linha de frente das questões referentes a Gustavo Scarpa e ao goleiro.

Procurada para comentar a questão, a assessoria de imprensa do Fluminense não se manifestou até o fechamento desta reportagem. Em meio aos bastidores turbulentos do clube, o Fluminense trabalha a pleno vapor de olho na temporada deste ano. O time embarca nesta terça-feira para a disputa da Flórida Cup.

Foto: Nelson Perez/Fluminense

Compartilhe:
Imagem Nuvem de Notificações

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2018

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Pal
    59
  • 2 Int
    56
  • 3 Fla
    55
  • 4 São
    52
  • 5 Grê
    51
  • Veja tabela completa