publicidade
121 contas suspeitas estão sendo investigadas pelas Justiças dos Estados Unidos e da Suiça

121 contas suspeitas estão sendo investigadas pelas Justiças dos Estados Unidos e da Suiça

Nesta segunda-feira, a procuradora-geral dos Estados Unidos, Loretta Lynch, informou que as Justiças americana e suíça estão próximas de realizar novas prisões de dirigentes da Fifa. Na primeira etapa da investigação, em maio, sete cartolas foram detidos, entre eles o ex-presidente da CBF e ex-governador de São Paulo, José Maria Marin.

Lynch revelou que 121 contas suspeitas estão sendo investigadas e que muitas informações que comprovam o envolvimento de dirigentes em atos de corrupção na entidade máxima do futebol. O nome de nenhum suspeito foi divulgado.

"Não podemos confirmar nomes de pessoas ou entidades para não prejudicar as investigações. As investigações se expandiram desde maio", frisou Lynch durante Congresso Internacional das Procuradorias, em Zurique, nesta segunda.

"Com base na cooperação (com autoridades suíças) e novas evidências, antevemos acusações adicionais contra indivíduos e entidade", complementou.

Foto: UOL

Compartilhe:
Imagem Nuvem de Notificações

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2017

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Cor
    71
  • 2 Grê
    61
  • 3 Pal
    60
  • 4 San
    59
  • 5 Cru
    56
  • Veja tabela completa