publicidade
Róger Guedes, atacante emprestado ao Atlético-MG, é assediado por Porto e Shandong Luneng. Foto: Bruno Cantini/Atlético-MG

Róger Guedes, atacante emprestado ao Atlético-MG, é assediado por Porto e Shandong Luneng. Foto: Bruno Cantini/Atlético-MG

Marcus Alves, Ricardo Perrone e Thiago Fernandes

Do UOL, em Lisboa, Moscou e Belo Horizonte

A novela envolvendo a saída de Róger Guedes do Atlético-MG ganhou um novo capítulo. Em meio às negociações com o Porto, que pretende dar a última cartada pelo atacante, o Shandong Luneng, da China, entrou na briga pelo jogador.

Paulo Pitombeira, empresário do jogador, está em Portugal, onde se reuniu com a cúpula do Porto terça e quarta-feira para formalizar uma oferta final ao Palmeiras. O valor segue longe dos 12 milhões de euros (R$ 54,1 mi) pedidos pelos paulistas.

Irritado com a postura do Palmeiras, que modificou as exigências durante as tratativas em pelo menos duas oportunidades, o Porto pretende um desfecho do negócio até a próxima segunda-feira (16). Os lusitanos mantêm contato com o representante de Guedes na tentativa de finalizar o acordo.

O estafe do atacante já informou ao Palmeiras e ao Atlético-MG, time com o qual o jogador tem contrato por empréstimo até 31 de dezembro, que a sua intenção é se mudar para o futebol europeu. Ele deixou claro o intuito em entrevista concedida nessa terça-feira.

"A gente (jogador e empresário) não aceitou alguns termos que não levaram ao acerto aqui. Mas eu estou tranquilo. Se tiver que sair, vou sair muito feliz pelo que estou fazendo aqui no Atlético-MG. Todo dia a gente tem uma conversa. Quero resolver o mais rápido. O meu momento no Atlético-MG é muito bom. Quero ficar tranquilo. Queria ter resolvido isso na parada da Copa, mas não resolveu. Espero resolver o mais rápido se fico no clube ou se saio", disse.

Em caso de venda, o Palmeiras tem direito a 25% do valor total, fatia correspondente aos direitos econômicos que possui do atleta. O restante (75%) pertence ao Criciúma. O Atlético tem direito a 10% de taxa de vitrine. A fatia do Galo seria tirada da parte que pertence ao clube de São Paulo.

Procura de chineses

Às vésperas do fim da janela na China, que se encerra na sexta-feira (13), o Shandong Luneng enviou uma oferta para contar com Róger Guedes em seu elenco. A ideia é que o acordo seja fechado até o fechamento do mercado. O clube, portanto, tem pouco mais de 24 horas para concluir as negociações.

O diretor-executivo Alexandre Mattos e o agente Paulo Pitombeira conversam sobre a oferta do futebol asiático pelo atleta de 21 anos em paralelo às negociações com o Porto.

O time é o mesmo que apresentou uma oferta de 15 milhões de euros (R$ 67,3 mi) por Dudu, recusada pelo Palmeiras nos últimos dias. 

A ida para o futebol chinês está em segundo plano na vida de Guedes. Artilheiro da atual edição do Brasileiro com nove gols, ele informou aos representantes que a ideia é se mudar para o Velho Continente. Ele crê que pode se desenvolver em uma eventual ida para o Estádio do Dragão.

Benfica, também de Portugal, Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, Al-Ahli e Al-Wehda, da Arábia Saudita, também tentaram a contratação de Róger Guedes. O Palmeiras, entretanto, recusou todas as ofertas.

Compartilhe:
Imagem Nuvem de Notificações

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2018

  • Classificação
    Pontos
  • 1 São
    50
  • 2 Int
    49
  • 3 Pal
    47
  • 4 Fla
    45
  • 5 Grê
    44
  • Veja tabela completa