O time corintiano volta a campo no próximo domingo, novamente em Itaquera, diante do São Paulo

O time corintiano volta a campo no próximo domingo, novamente em Itaquera, diante do São Paulo

Dassler Marques e Diego Salgado
Do UOL, em São Paulo

O Inter conseguiu reverter a vantagem do Corinthians na noite desta quarta-feira em plena Arena de Itaquera. O time gaúcho venceu o rival nos pênaltis por 4 a 3, na terceira eliminação corintiana dessa forma em seu estádio. No tempo normal, o jogo terminou empatado por 1 a 1, gols de Maycon e Fagner, contra.

O Internacional converteu as penalidades com Brenner, Valdívia, Cuesta e Diego - desperdiçou com William, que bateu para fora, e com Léo Ortiz, que ficou nas mãos de Cássio. O Corinthians marcou com Jadson, Jô e Fagner, mas perdeu com Maycon, Marquinhos Gabriel, ambos parados por Marcelo Lomba, e enfim com Guilherme Arana, que isolou a sexta e última batida.

O time corintiano volta a campo no próximo domingo, novamente em Itaquera, diante do São Paulo, pela semifinal do Paulistão - no primeiro jogo, a equipe de Fábio Carille venceu por 2 a 0.

Já o Inter tentará garantir uma vaga na decisão do Campeonato Gaúcho. O time gaúcho enfrenta o Caxias fora de casa. Na partida de ida, a equipe de Antônio Carlos Zago derrotou o adversário por 1 a 0.
Próximo rival da Copa do Brasil sai em sorteio nesta quinta

A CBF realiza sorteio nesta quinta-feira, ao meio-dia, para definir os cruzamentos da Copa do Brasil. Já às 15h, novo sorteio será realizado para definir os mandos. É certo que os oito times da Libertadores não se enfrentam entre si.

O melhor: Maycon

Além de oferecer solidez na marcação, mostrou a já característica qualidade para entrar na área. Em bola escorada por Jô, meio sem querer, o volante anotou o terceiro gol no ano. Só Rodriguinho e Jô têm mais gols que ele. Nos pênaltis, o volante desper

O pior: Anselmo

Escolha surpreendente de Zago em detrimento de Alemão e Charles, o volante novamente mostrou limitações técnicas. Com dificuldades com a bola, só se sobressaiu na marcação.

Jadson se recupera a tempo

O camisa 77 do Corinthians esteve perto de desfalcar o time alvinegro depois de sofrer uma entorse no joelho direito contra o São Paulo no último domingo. Jadson se recuperou a tempo de uma inflamação e atuou pela direita no meio-campo, mostrando bom entrosamento com Fagner. Na etapa final, o rendimento do jogador caiu bastante.

Goleador colorado, Brenner volta a falhar na Copa do Brasil

Com a incrível marca de 12 gols em 14 jogos até essa noite, Brenner vive um ano irrepreensível pelo Inter, mas não levou esse potencial aos jogos com o Corinthians. Depois de falhar uma série de oportunidades no Beira-Rio, o centroavante de novo desperdiçou ocasião clara de gol. A bola veio por alto, à feição para uma cabeçada, mas Brenner deixou passar de forma bisonha.

Jô e Rodriguinho perdem gols feitos

O Corinthians perdeu a chance de ampliar o placar duas vezes de forma clara. Primeiro, com Jô, ainda no primeiro tempo. O atacante recebeu na frente, avançou e tocou na saída de Marcelo Lomba. A bola saiu rente à trave. Na etapa final, Rodriguinho recebeu cruzamento de Romero e errou a finalização de cabeça ao tocar para fora. Depois do gol do Inter, Clayton também desperdiçou uma oportunidade, assim como Jô.

Valdívia na Arena Corinthians. Pelo Inter, claro

Sem D`Alessandro, desfalque assim como Edenílson e Carlinhos, a aposta do Inter foi em Roberson, mas não durou nem 20 minutos. Valdívia assumiu o lugar do meia-atacante lesionado e chegou a ouvir vaias na Arena. O jovem colorado até se esforçou, mas não completou lances de muito perigo.

Nico López briga muito e é recompensado um ano depois

Pelo Nacional, o uruguaio havia sido carrasco do Corinthians na Libertadores, há 11 meses e meio, também em Itaquera. Em ascensão pelo Inter em 2017, confirmou com atuação de muita luta e qualidade no ataque. Firme, participou diretamente para o gol contra marcado por Fagner.

Organizada acende sinalizadores

Após o gol do Corinthians, torcedores acenderam sinalizadores no o setor norte do estádio, onde ficam as organizadas. O árbitro chegou a paralisar o jogo até que os artefatos fossem apagados. Cinco pessoas chegaram a ser detidas por policiais. Na etapa final, mais sinalizadores foram acesos, em outro grupo, novamente atrás do gol.

Além disso, mesmo com o jogo iniciado às 21h45, muitos torcedores só conseguiram entrar na Arena Corinthians com o primeiro tempo em andamento. A maior movimentação ocorreu justamente no setor norte.

Três milhões de torcedores em 98 jogos na Arena

A partida desta quarta-feira acabou marcada por um número expressivo em relação à torcida. A Arena Corinthians chegou à marca de três milhões de espectadores desde a sua inauguração, em maio de 2014. O duelo Corinthians e Inter foi o 98º jogo no local.

Compartilhe:
Imagem Nuvem de Notificações
comments powered by Disqus

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2016

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Pal
    80
  • 2 San
    71
  • 3 Fla
    71
  • 4 Atl
    62
  • 5 Bot
    59
  • Veja tabela completa