publicidade
Pedro, ele é o cara do Brasileirão. Foto: AFP PHOTO/Mauro PIMENTEL/Via UOL

Pedro, ele é o cara do Brasileirão. Foto: AFP PHOTO/Mauro PIMENTEL/Via UOL

O centroavante Pedro abriu o placar para o Fluminense diante do Bahia, se isolou na artilharia do Brasileiro (com 10 gols), mas Edigar Junior cabeceou para deixar o duelo de tricolores no Maracanã empatado em 1 a 1.

Em um jogo igual no Rio de Janeiro, o empate foi um resultado justo diante da busca de ambas as equipes pela vitória. O Flu se manteve na 9ª colocação, enquanto os baianos caíram para a 16ª.

O Bahia visita na quarta o Cerro (URU), às 21h45, em jogo válido pela Copa Sul-Americana. Na segunda-feira, o Flu recebe o Internacional, às 20h, no Maracanã, em jogo válido pelo Brasileiro.

Garotos em alta

O atacante Pedro voltou a ser destaque em um jogo do Fluminense no Brasileiro. Aos 20 do primeiro tempo, o artilheiro do aproveitou bom passe de Matheus Alessandro para bater no ângulo e abrir o placar. Não bastasse decidir o jogo, Pedro distribuiu dribles, passes e "sobrou" no jogo. O suficiente para deixar o campo do Maracanã como o melhor da partida. Com muita velocidade e objetividade, Mateheus Alessandro também se destacou diante do Tricolor baiano.

Léo segue mal

É um filme que já vem se repetindo com certa frequência, mas o lateral Léo segue sem se acertar no Fluminense. Contra os baianos, o jogador deu para os adversários o principal corredor na defesa do Fluminense. Com passes e cruzamentos errados, ele irritou novamente a torcida do Tricolor. Com Gilberto lesionado, Marcelo Oliveira não tem nenhuma outra alternativa para a posição.

Marcelo mantém trio ofensivo

Assim como na partida diante do Defensor, Marcelo Oliveira mandou a campo um esquema com três homens de frente, e o trio foi novamente formado por Matheus Alessandro, Pedro e Marcos Jr. Com a subida de produção de Matheus, o Flu foi um time bem mais perigoso nesta noite, embora tenha ficado menos com a bola em relação ao jogo diante dos uruguaios.

Enderson Moreira soube explorar os espaços deixados pela equipe adversária, mas faltou mais capricho no passe final e na conclusão. Com mais esse empate, o Bahia segue sem vencer fora de casa no Campeonato Brasileiro.

Bahia melhor, mas Pedro marca

Os visitantes levaram mais perigo que os donos da casa na animada etapa inicial. Ainda que não tenham tido muitas oportunidades para arrematar, os baianos chegaram perto, especialmente nos contra-ataques concedidos pelo Fluminense, que saiu para o jogo e tentou vencer o tempo todo.

Apesar do predomínio no campo de ataque, o Bahia foi vítima do momento iluminado do atacante Pedro, que mandou na gaveta a unica chance de arremate que teve em 45 minutos de jogo. O Tricolor baiano, por sua vez, teve mais possibilidades claras para marcar, especialmente com Vinicius e Zé Rafael.

Onde a coruja dorme

Em uma das jogadas mais importantes da etapa inicial, o goleiro Júlio César salvou o Fluminense de levar o gol. Em arremate de primeira de Zé Rafael, o goleiro tricolor voou no ângulo e tirou a bola da trajetória do gol.

Jogo segue equilibrado

A partida seguiu disputada de forma equilibrada na etapa final, mas a parte física pesou para ambas as equipes. Sem fôlego, os times cometeram erros mais infantis.

Da parte do Flu, Sornoza desperdiçou uma ótima chance após passe de Ibañez. Já o Bahia quase chegou ao empate com Gilberto, mas o camisa 9 concluiu mal. O duelo teve uma queda técnica e Edigar Junior se aproveitou de uma falha de posicionamento de Ibañez para deixar tudo igual, já aos 36 minutos da etapa final.

Contrato tira Leo

Emprestado ao Bahia pelo Flu, o lateral-esquerdo Leo não pode jogar na noite deste domingo por conta de uma cláusula contratual. Fora do jogo, o titular da posição foi substituído pelo Paulinho.

Tricolor espera Allione

O Bahia aguarda uma reforço que pode dar um toque de classe ao seu meio de campo. Reprovado nos exames médicos do Racing, Allione não ficará na equipe de Buenos Aires e é aguardado para se reintegrar nos próximos dias ao elenco tricolor.

FLUMINENSE X BAHIA

Data: 5 de agosto de 2018
Horário: 19h (de Brasília)
Local: Maracanã
Árbitro: Luiz Flavio de Oliveira (SP)
Auxiliares: Marcelo Carvalho Van Gasse (SP) e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP)
Cartões amarelos: Gregore, Élber (BAH); Airton, Léo, Gum, Sornoza (FLU)
Cartões vermelhos: -
Gols: Pedro, aos 20 minutos do 1º tempo; Edigar Junior, aos 36 minutos do 2º tempo

FLUMINENSE
Júlio César; Léo, Digão, Gum (Ibañez) e Ayrton Lucas; Airton, Jadson e Sornoza (Everaldo); Matheus Alessandro, Pedro e Marcos Júnior (Richard).
Técnico: Marcelo Oliveira

BAHIA
Anderson;Bruno (Nilton), Tiago, Lucas Fonseca e Paulinho; Gregore, Elton, Vinícius (Everson) e Zé Rafael; Edigar Junio e Gilberto (Élber).
Técnico: Enderson Moreira

Compartilhe:
Imagem Nuvem de Notificações

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2017

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Cor
    72
  • 2 Pal
    63
  • 3 San
    63
  • 4 Grê
    62
  • 5 Cru
    57
  • Veja tabela completa