publicidade
Brasileiro dominou o GP de Portugal, terminando a prova com mais de um minuto de vantagem para o 2º colocado

Brasileiro dominou o GP de Portugal, terminando a prova com mais de um minuto de vantagem para o 2º colocado

Em 21 de abril de 1985, há exatos 32 anos, Ayrton Senna vencia sua primeira corrida na Fórmula 1, o GP de Portugal, sob chuva.

Após uma temporada de estreia marcante no ano anterior, pela Toleman-Hart, Senna fazia sua segunda corrida pela Lotus-Renault, e largava na pole pela primeira vez.

Vale salientar que a pole de Ayrton Senna, então com 25 anos de idade, foi conquistada em piso seco, em 1min21s007.

Assim como no GP de Mônaco de 1984, quando fez uma brilhante corrida na chuva e terminou em 2º lugar, Senna enfrentou pista molhada no traçado de Estoril com excelente performance.

Com Alain Prost (McLaren-TAG/Porsche) ao seu lado, Senna largou bem e manteve a liderança, seguido por Elio de Angelis, seu companheiro de equipe, que saltou da quarta para a segunda colocação.

Senna dominou a prova. Foi o mais rápido em todos os treinos, venceu de ponta a ponta e ainda fez a volta mais rápida, em 1min44s121.

O motor Renault turbo de sua Lotus tinha um problema crônico de consumo de combustível, mas o ritmo mais lento da corrida, finalizada em pouco mais de duas horas, permitiu que o brasileiro tivesse uma jornada sem sobressaltos.

Exímio em piso molhado, Senna completou as 67 das 69 voltas previstas com a assombrosa vantagem de 1min02s978 sobre o segundo colocado, o italiano Michele Alboreto (Ferrari), assim como o brasileiro, falecido em um acidente automobilístico, pela American Le Mans Series, com Audi R8, no circuito alemão de Lausitzring.

O francês Patrick Tambay, da Renault, completou o pódio em terceiro, a uma volta do brasileiro.

O outro brasileiro na prova, Nelson Piquet (Brabham-BMW), largou em décimo e abandonou na 28ª volta, com problema de pneus.

Foi uma prova de muitos abandonos. Dos 26 carros que largaram, apenas nove concluíram. Um dos que não chegou ao final foi o francês Alain Prost. Ele rodou em uma reta, com sua McLaren aquaplanando no momento em que a chuva estava muito forte, na volta 30.

Seis pilotos que participaram daquela prova já morreram. Além de Ayrton Senna (1994), Stefan Bellof (1985), Manfred Winckelhock (1985), Elio de Angelis (1986), Michele Alboreto (2001) e Andrea de Cesaris (2014). Com exceção de Andrea de Cesaris, que faleceu em um acidente com uma moto de passeio, em uma estrada italiana, os demais morreram em acidentes enquanto competiam ou em treino (caso de Elio de Angelis, quando testava a Brabham em Paul Ricard).

Foto: Divulgação

"Vai andando forte o garoto Ayrton Senna", foi uma das frases de Galvão Bueno durante a transmissão que você pode acompanhar abaixo, na íntegra, com comentários de Reginaldo Leme:

Amplo domínio de Ayrton Senna em sua primeira vitória na Fórmula 1, pela Lotus-Renault. Brasileiro terminou com mais de um minuto de vantagem para o segundo colocado, o italiano Michele Alboreto, da Ferrari. Senna desafivelou o cinto de segurança logo após cruzar a linha de chegada. Foto: Divulgação

Peter Warr, então chefe da Lotus, recebe Senna na área atrás dos boxes do circuito do Estoril. Foto: Divulgação

CLASSIFICAÇÃO FINAL DO GP DE PORTUGAL (ESTORIL), DISPUTADO EM 21 DE ABRIL DE 1985:

1º Ayrton Senna -Lotus-Renault - 2h0m28s006
2º Michele Alboreto-Ferrari - 2h01m30s984s
3º Patrick Tambay- Renault - a uma volta
4º Elio de Angelis-Lotus-Renault- uma 1 volta
5º Nigel Mansell-Williams-Honda a duas voltas
6º Stefan Bellof-Tyrrell-Ford a duas voltas
7º Derek Warwick-Renault- a duas voltas
8º Stefan Johansson-Ferrari- a cinco voltas
9º Piercarlo Ghinzani-Osella-Alfa Romeo- a seis voltas

Não completaram a prova:

Manfred Winkelhock-RAM-Hart
Niki Lauda-McLaren-TAG-Porsche
Eddie Cheever-Alfa Romeo
Alain Prost-McLarenTAG-Porsche
Andrea de Cesaris-Ligier-Renault
Thierry Boutsen-Arrows-BMW
Nelson Piquet-Brabham-BMW
Martin Brundle-Tyrrell-Ford
Mauro Baldi-Spirit-Hart
Keke Rosberg-Williams-Honda
Jacques Laffite-Ligier-Renault
Gerhard Berger-Arrows-BMW
Pierluigi Martini-Minardi-Ford
Riccardo Patrese-Alfa Romeo
Philippe Alliot-RAM-Hart
François Hesnault-Brabham
Jonathan Palmer-Zakspeed

CLIQUE AQUI E VEJA A PÁGINA DE AYRTON SENNA NA SEÇÃO "QUE FIM LEVOU?"



  

CLIQUE AQUI E INSCREVA-SE NO CANAL BELLA MACCHINA DO YOUTUBE. ENTREVISTAS COM PILOTOS E O PROGRAMA "NOTAS DO CARSUGHI", COM O MESTRE AO LADO DE MARCOS JÚNIOR MICHELETTI FALANDO SOBRE F1, MOTOGP, STOCK CAR WEC, F-E, INDY E MUITO MAIS

CLIQUE NO LOGO ABAIXO PARA ACESSAR A HOME DE AUTOMOBILISMO DO PORTAL TERCEIRO TEMPO

 



Compartilhe:
Imagem Nuvem de Notificações

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2017

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Cor
    47
  • 2 Grê
    39
  • 3 San
    36
  • 4 Pal
    33
  • 5 Spo
    29
  • Veja tabela completa