publicidade
Na prorrogação a Croácia consegue chegar em sua primeira final. Foto: FIFA/Getty Imagens

Na prorrogação a Croácia consegue chegar em sua primeira final. Foto: FIFA/Getty Imagens

Por João Antonio de Carvalho

ATUAÇÕES – CROÁCIA

23 – SUBASIC – Armou mal a barreira no lance do gol, mas depois não errou mais. Nota 8,0.

2 – VRSALJKO – Apóia o ataque e fez o cruzamento do gol de Perisic, ainda salvou o segundo gol. Nota 8,5.

21 – VIDA – Teve muito trabalho com Sterling, mas ganhou a disputa e o inglês acabou saindo. Nota 8,0.

6 – LOVREN – Iniciou muito irritado, merecia levar cartão, foi mais seguro no segundo tempo. Nota 8,0.

3 – STRINIC – Não sobe tanto ao ataque, ficou preocupado com os avanços de Trippier. Nota 7,5.

22 – PIVARIC – Entrou na prorrogação e mostrou limitações nos cruzamentos. Nota 7,0.

7 – RAKITIC – Andou errando alguns passes e perdeu boa chance, mas tocou para o segundo gol. Nota 8,0..

11 – BROZOVIC – Teve de correr muito atrás dos meias ingleses e subiu pouco ao ataque. Nota 8,0.

10 – MODRIC – Teve mais liberdade para jogar avançado, só melhorou no segundo tempo. Nota 8,5.

19 – BADELJ – Entrou no finalzinho da prorrogação. Sem nota.

4 – PERISIC – Grande atuação, marcando gol e quase fazendo o segundo ao chutar na trave. Nota 9,0.

18 – REBIC – Procurou o jogo e teve duas boas chance de gol, uma clara num rebote, levou amarelo. Nota 8,0.

9 – KRAMARIC – Entrou na prorrogação e deu mais velocidade ao time na hora de virar. Nota 8,0.

17 – MANDZUKIC – Vinha sendo dominado pelos zagueiros, mas precisou de uma bola para decidir o jogo. Nota 9,0.

5 – CORLUKA – Entrou no segundo tempo da prorrogação para ajudar na defesa. Nota 7,5.

TREINADOR: ZLATKO DÁLIC – Procurou dar mais liberdade a Modric, mas seu time insistiu muito em bolas erguidas no primeiro tempo. Quando acertou um cruzamento na segunda trave empatou e mostrou força para virar. Nota 8,5.

ATUAÇÕES – INGLATERRA

1 – PICKFORD – Fez uma boa defesa em chute de Rebic, e salvou um lance de Mandzukic. Nota 7,0.

2 – WALKER – Jogou muito mais na cobertura dos avanços de Trippier, mas falhou no gol de Perisic. Nota  6,0.

11 – VARDY – Entrou no segundo tempo da prorrogação e não pegou na bola. Nota 6,0.

5 – STONES – Bem no jogo aéreo, quase faz o gol da vitória, mas dormiu no gol de Mandzukic. Nota 6,0.

6 – MAGUIRE – Além de ganhar todas na sua área, quase ainda fez um gol de cabeça. Nota 7,0.

12 – TRIPPIER – Apóia muito o ataque e fez um lindo gol de falta, ainda salvou um gol. Nota 7,5.

8 – HENDERSON – Jogador de ótimo passe, mas esteve abaixo dos jogos anteriores. Nota 7,0.

4 – DIER – Entrou  na prorrogação e não teve muito tempo para fazer alguma coisa. Nota 6,5.

18 – YOUNG – Mais um ala que vai muito para o ataque e pega bem na bola. Nota 7,0.

3 – ROSE – Entrou na prorrogação e tentou alguns cruzamentos. Nota 7,0.

7 – LINGARD – Girou por todas as posições do meio e perdeu duas ótimas chances. Nota 7,5.

10 – STERLING – Deu muito trabalho para os zagueiros com sua velocidade mas caiu depois. Nota 7,0.

19 – RASHFORD – Entrou aos 28 do segundo tempo e tentou aumentar a velocidade. Nota 7,0.

20 – DELE ALLI – Sua melhor atuação na Copa, recebeu a falta no lance do gol, depois cansou. Nota 7,5.

9 – HARRY KANE – Saiu da área e armou boas jogadas, jogou com inteligência. Perdeu chance de cabeça. Nota 7,5.

TREINADOR – GARETH SOUTHGATE – Tem um esquema bem definido, ótimos zagueiros e atacante velozes, prioriza as virtudes que seus jogadores tem, mas recuou demais no segundo tempo e foi punido por isso. Nota 7,5.

ÁRBITRO – CANEYT ÇAKIR (TURQUIA) – Teve trabalho na parte disciplinar mas não teve nenhum erro grave, soube separar bem os conflitos entre os jogadores. Nota 8,0.

Compartilhe:
Imagem Nuvem de Notificações

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2017

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Cor
    72
  • 2 Pal
    63
  • 3 San
    63
  • 4 Grê
    62
  • 5 Cru
    57
  • Veja tabela completa