Diego Souza terminou como um dos artilheiros do Brasileiro do ano passado

Diego Souza terminou como um dos artilheiros do Brasileiro do ano passado

Neste domingo, o atacante Diego Souza vai se apresentar à Seleção Brasileira disposto a quebrar paradigmas. O jogador do Sport foi uma das surpresas da lista do técnico Tite para as duas próximas rodadas das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2018 e tem a esperança de mostrar serviço para comprovar o quanto quem atua no Nordeste do País merece ganhar mais espaço na equipe.

O carioca de 32 anos virou pernambucano por adoção, pois é no Recife onde vive a melhor fase da carreira. O carinho da torcida do Sport e a relação com a cidade fizeram Diego Souza abrir mão no ano passado da oportunidade de jogar no Fluminense para retornar a Pernambuco.

A escolha foi produtiva: ele fez 14 gols e foi um dos artilheiros do Campeonato Brasileiro de 2016. Por isso, apareceu na lista da seleção para o amistoso com a Colômbia, em janeiro, e voltou a ser lembrado agora, para as partidas contra Uruguai, em Montevidéu, na próxima quinta, e Paraguai, em São Paulo, dia 28.

Em entrevista exclusiva ao Estado, o jogador comemorou o chamado de Tite com a sugestão de mais oportunidades para quem se destaca no Nordeste. “O futebol nordestino merece ser visto com mais atenção por todos. Aqui temos jogadores de muita qualidade e, fazendo um bom trabalho ao longo do ano”, disse. “Espero estar abrindo uma porta para que outros jogadores daqui sejam convocados para a seleção”, afirmou.

Tite chamou Diego Souza pelo papel decisivo dele no Sport no ano passado e pela atuação no amistoso com a Colômbia. O jogador tem seguido uma rotina fora do clube com exercícios e alimentação regrada, empenho que agradou ao treinador.

A dedicação acabou recompensada com a vaga na seleção quando o próprio Diego Souza pouco esperava. Antes do chamado de janeiro, o meia havia sido lembrado pela última vez em 2011, quando ainda estava no Vasco. “Tenho que admitir que a seleção era um sonho distante para mim. Há alguns anos, eu já não pensava mais nisso como algo palpável”, contou.

A vaga se abriu no ataque com a lesão da maior revelação recente do futebol brasileiro, o atacante Gabriel Jesus, do Manchester City. Diego Souza vai disputar a vaga de titular e talvez dono da camisa 9, número raro na carreira de quem começou como volante, foi meia e apenas nos últimos anos passou a atuar mais próximo à área.

O atacante do Sport sabe da concorrência para garantir posição, mas está otimista, principalmente pelas boas atuações no clube e pela relação de confiança que desenvolveu com Tite durante a convivência em janeiro para o amistoso com a Colômbia, no Rio.

A convocação deu a Diego Souza a certeza de que ter ficado no Sport foi uma escolha certeira e capaz de superar as expectativas. “Ser chamado vestindo a camisa do Sport é algo que sempre guardarei com muito carinho. O Sport me deu novamente a alegria de jogar futebol e o resultado desse bom casamento foi a convocação”, comentou.

Foto: Williams Aguiar/Sport

Compartilhe:
Imagem Nuvem de Notificações
comments powered by Disqus

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2016

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Pal
    80
  • 2 San
    71
  • 3 Fla
    71
  • 4 Atl
    62
  • 5 Bot
    59
  • Veja tabela completa