publicidade
O lateral direito Léo Moura, do Grêmio, vê tima como um dos melhores do país

O lateral direito Léo Moura, do Grêmio, vê tima como um dos melhores do país

Por UOL Esporte

Léo Moura, de 38 anos, disse que jamais esteve em um grupo que jogue tanto quanto o Grêmio de hoje. Segundo o ex-flamenguista, a estrutura do clube gaúcho o ajuda a alongar a carreira em alto nível.

"É que todos os jogadores querem a bola, querem estar próximos. O Grêmio já vem jogando assim desde o ano passado, é um time diferenciado. Nunca participei de um grupo que jogasse o futebol que o Grêmio joga hoje. É uma equipe bem entrosada, que joga buscando o gol, joga para frente", falou em entrevista à ESPN.

Léo Moura passou por grandes elencos. Esteve em Botafogo, Vasco, Flamengo, Fluminense, São Paulo, Sporting, de Portugal, e mais uma série de times. Só no Fla, conquistou duas Copas do Brasil, um Brasileiro e cinco Campeonatos Cariocas.

No Tricolor desde o início do ano, diz que a estrutura tática da equipe, que prima pela posse de bola e o jogo ofensivo, ajudam a alongar sua carreira em alto nível.

"É normal que aqui no Brasil quando um jogador que passa dos trinta começam a rotular como velho. Mas se o jogador está jogando em um grande clube com essa idade é porque tem condições. Você vê o Zé Roberto, o Ricardo Oliveira. E o Grêmio me facilita, é um time que toca muito a bola, não dá chutão, eu entro e jogo meu futebol, o futebol que eu sei. E meu crescimento é por causa dos companheiros", acrescentou.

O Grêmio volta a campo no próximo domingo para pegar o Botafogo pelo Brasileiro. Classificado às quartas de final da Libertadores e às semifinais da Copa do Brasil, o time azul, branco e preto disputará até o fim as conquistas deste ano.

Foto: LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA

Compartilhe:
Imagem Nuvem de Notificações

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2017

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Cor
    47
  • 2 Grê
    40
  • 3 San
    37
  • 4 Pal
    33
  • 5 Fla
    32
  • Veja tabela completa