publicidade
Após morte de mulher, Léo Lima pretende se dedicar aos filhos até fim do ano. Foto: Reprodução/Twitter

Após morte de mulher, Léo Lima pretende se dedicar aos filhos até fim do ano. Foto: Reprodução/Twitter

Roberto Oliveira
Colaboração para o UOL, em Recife (PE)

Abalado pelo falecimento da mulher há pouco mais de dois meses, o experiente meia Léo Lima cogita até mesmo a aposentadoria, apurou o UOL Esporte. Nesta terça-feira (3), o jogador chegou a um acordo para rescindir seu contrato com o Santa Cruz e pretende se dedicar aos filhos até o fim do ano, quando deve decidir sobre seu futuro. 

Desde a morte de Nathalia Solano, aos 33 anos, após luta contra um câncer no estômago, Léo Lima estava dividido entre as obrigações familiares em sua cidade natal, o Rio de Janeiro, e profissionais, no Recife. 

Poucos dias após a perda da companheira, ele retornou aos treinamentos no Arruda, tentou seguir em frente no Santa, mas não estava mais conseguindo conciliar o ritmo de vida puxado de um atleta profissional com a saudade dos filhos, um menino e uma menina, de 4 e 10 anos. 

O próprio Léo Lima chegou a confessar a um dirigente do Santa que toda vez que viajava ao Rio de Janeiro para ver os filhos, logo aparecia a vontade de permanecer na capital carioca e não voltar a Recife. Embora ainda tivesse vontade de jogar futebol, não estava conseguindo dedicar-se integralmente ao futebol, o que o levou a pedir a rescisão de contrato junto ao clube. 

Desde o início do drama familiar pelo qual passa Léo Lima, a posição da direção do Santa foi apoiar as decisões que viessem a ser tomadas pelo jogador, de modo que as partes chegaram a um acordo amigável. O contrato entre as partes se estendia até novembro, quando termina a Série B. 

Compartilhe:
Imagem Nuvem de Notificações

Você também vai gostar

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2017

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Cor
    72
  • 2 Pal
    63
  • 3 San
    63
  • 4 Grê
    62
  • 5 Cru
    57
  • Veja tabela completa