publicidade
O Coritiba é penúltimo colocado do Campeonato Brasileiro e não vence há sete rodadas. Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia

O Coritiba é penúltimo colocado do Campeonato Brasileiro e não vence há sete rodadas. Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia

O Coritiba deixou a Arena Fonte Nova neste sábado (30) na bronca. Jogadores e comissão técnica do time paranaense exaltaram o desempenho no empate em 1 a 1 com o Bahia, mas reclamaram da arbitragem de Péricles Bassols. O lance mais polêmico aconteceu no primeiro tempo, quando o atacante Henrique Almeida foi derrubado dentro da área por Jean.

"Acredito que foram dois pênaltis não marcados. Fizemos um jogo equilibrado. Merecíamos um resultado melhor, tivemos chances para vencer", disse o meia Tiago Real.

"É difícil falar de arbitragem, né? A gente está cansado de ver punição porque fala de arbitragem, ou porque comemora. Não dá para ficar culpando a arbitragem", completou o lateral-esquerdo Carleto.

O técnico Marcelo Oliveira também citou o pênalti não marcado em cima de Henrique Almeida e destacou que o empate não foi interessante devido ao atual momento da equipe. O Coritiba é penúltimo colocado do Campeonato Brasileiro e não vence há sete rodadas.

"Foi pênalti claro. Pela sequência, não podemos comemorar este resultado. Demonstramos garra, mas faltou capricho", avaliou o treinador.

Compartilhe:
Imagem Nuvem de Notificações

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2017

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Cor
    58
  • 2 Grê
    49
  • 3 San
    49
  • 4 Pal
    47
  • 5 Cru
    47
  • Veja tabela completa