publicidade
Na próxima rodada, o Internacional encara o São Paulo, domingo (14), às 16h (de Brasília), no Beira-Rio

Na próxima rodada, o Internacional encara o São Paulo, domingo (14), às 16h (de Brasília), no Beira-Rio

Do UOL, em Porto Alegre

O Internacional saiu na frente, mas levou a virada. Nesta sexta-feira (05), o Sport fez 2 a 1, gols de Mateus Gonçalves e Adryelson, na Ilha do Retiro, pela 28ª rodada do Brasileirão. Nico López fez o gol do Inter. E com isso o Colorado perdeu chance de virar líder.

Com 53 pontos, o time gaúcho pode cair até para o quarto lugar ao fim da rodada. Já o Sport é penúltimo, agora com 27 pontos.

Na próxima rodada, o Internacional encara o São Paulo, domingo (14), às 16h (de Brasília), no Beira-Rio. Já o Sport terá pela frente o Atlético-PR, na Arena da baixada, também domingo (14), mas às 19h (de Brasília).

Foi bem: D´Alessandro sai do banco e muda o jogo
O Inter era um time que pouco criava, não tinha a bola ou mesmo assustava o adversário. Até a entrada de D´Alessandro. No segundo tempo, o argentino passou a ser responsável pela criação de jogadas do time gaúcho e deu assistência para o gol de Nico López.

Foi mal: Charles erra saída e Sport vira o jogo
O volante Charles entrou no segundo tempo e foi vilão para o Inter. Errou uma saída de bola que deixou o Sport criar a jogada do segundo gol. Uma falha primária que acabou no gol do Rubro-Negro.

Camilo recebe oportunidade mas contribui pouco
Camilo foi o escolhido para atuar na vaga de Edenílson no meio-campo. No entanto não conseguiu dar a mesma dinâmica ao time. Cometeu erros, não contribuiu principalmente no primeiro tempo e acabou `travando´ a criação de jogadas do Inter. Apareceu apenas com a conhecida qualidade na bola parada.

Sport começa pressionando e até marca, mas é anulado
O Sport começou pressionando. No embalo da torcida, tentando se recuperar no Brasileiro, o Rubro-Negro apostou em boas tramas de Marlone e Michel Bastos. Com repetidos cruzamentos e tentativas de fora da área, os locais ameaçaram a meta de Marcelo Lomba repetidas vezes. E até chegaram a marcar, mas o árbitro anulou o lance ao assinalar impedimento.

Inter joga recuado e comete erros na saída de bola
Se o Sport pressionou, o Inter tratou de recuar as linhas. Com a defesa reserva, sem Edenílson e também Leandro Damião, Odair Hellmann optou por utilizar Pottker como centroavante e se defender apostando em achar um contra-ataque rápido. O problema é que não conseguiu sair jogando. Até mesmo Rodrigo Dourado, que tem mantido alto nível de atuação no Brasileiro, cometeu uma série de falhas na hora de iniciar as jogadas.

Milton Mendes ouve vaias ao tirar Marlone
O técnico do Sport ouviu vaias da torcida no segundo tempo. Atrás no placar, tirou Marlone, uma das armas da equipe pernambucana, para colocara Rafael Marques. E os aficionados responderam negativamente. Mas depois disso seu time virou o jogo.

Odair Hellmann coloca D´Alessandro como atacante
Ao ver Rossi lesionado no segundo tempo, o técnico Odair Hellmann inovou. Chamou D´Alessandro e, em vez de colocar o gringo em sua posição original, o utilizou como atacante. Pottker foi para esquerda, Nico López para direita e foi o armador que virou o mais adiantado do time. Tudo para tentar ganhar retenção no campo de ataque, algo que não teve até o segundo tempo. Deu certo, tanto que partiu dos pés do gringo o passe para o gol de Nico López.

Foto: Ricardo Duarte/Internacional

Compartilhe:
Imagem Nuvem de Notificações

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2018

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Pal
    59
  • 2 Int
    56
  • 3 Fla
    55
  • 4 São
    52
  • 5 Grê
    51
  • Veja tabela completa