publicidade
Atacante André também está com salários, 13º e férias atrasados no Sport. Foto: Williams Aguiar/Sport

Atacante André também está com salários, 13º e férias atrasados no Sport. Foto: Williams Aguiar/Sport

O Grêmio não desistiu de André. Nos últimos dias, o clube gaúcho fez uma nova proposta ao Sport para contratar o atacante e ouviu outra negativa. A oferta teve aumento no valor e até cláusula com garantia de cifras futuras e mesmo assim foi rechaçada. O Tricolor, no entanto, vê o jogador chateado com a postura da direção pernambucana.

Por conta disso, André pediu para não jogar diante do Santos-AP, na estreia da Copa do Brasil.

A nova oferta do Grêmio chegou a 2 milhões de euros (R$ 8 milhões na cotação atual), mais empréstimo de um jogador e ainda inclusão de cláusula com garantia de venda de André em até dois anos. Caso a transferência não ocorra, o clube gaúcho se compromete a pagar mais um valor.

O contato do Grêmio foi realizado na última semana e gerou nova negativa do Sport. André foi comunicado da posição e não gostou. O centroavante já havia se surpreendido com a primeira resposta. Quando da oferta inicial, o alvinegro pediu 15 milhões de euros (R$ 60 milhões).

André tem contrato com o Sport até 2022 e segundo apurou o UOL Esporte está com salários atrasados, férias e também 13º em aberto.

Em Porto Alegre, o Grêmio decidiu que chegou ao seu limite. O Tricolor não irá aumentar a oferta outra vez, mas deixa a possibilidade de ter André em compasso de espera para caso de uma mudança de cenário com o Sport.

Compartilhe:
Imagem Nuvem de Notificações

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2018

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Pal
    59
  • 2 Int
    56
  • 3 Fla
    55
  • 4 São
    52
  • 5 Grê
    51
  • Veja tabela completa