publicidade
Depois de vender Vinicius Júnior, o clube tem em mãos mais promessas

Depois de vender Vinicius Júnior, o clube tem em mãos mais promessas

Bruno Braz
Do UOL, no Rio de Janeiro

Vivendo um período de austeridade financeira, o Flamengo colhe frutos do trabalho desenvolvido nas categorias de base. Após vender Vinicius Júnior para o Real Madrid (ESP) por R$ 164 milhões, o clube tem em mãos ao menos mais duas promessas que têm tudo para encher os cofres rubro-negros. Somando as multas rescisórias de Lucas Paquetá e Lincoln com o valor de venda do atacante ao time espanhol, chega-se a quase R$ 484 milhões.

Lincoln teve seu contrato renovado até 2023 com a multa aumentando para 50 milhões de euros (cerca de R$ 200 milhões). A de Lucas Paquetá gira em torno de 30 milhões de euros (cerca de R$ 120 milhões). Vale lembrar, porém, que dificilmente um clube oferece e paga exatamente o valor integral de rescisão.

Nesta temporada, com o técnico Paulo César Carpegiani, Vinicius Júnior e Lucas Paquetá têm sido utilizados. O atacante, mesmo ainda não sendo titular, entra com frequência e tem feito boas partidas e gols. Já o segundo virou xodó da torcida e é um dos destaques rubro-negros em 2018.

"Rueda foi o cara que mudou minha vida dentro do Flamengo. Deu a oportunidade que vinha trabalhando para ter. A gente ainda troca mensagens e passa apoio e torce por mim. Fico na torcida por ele também. Onde ele estiver", declarou Paquetá que, segundo a imprensa turca, está na mira do Besiktas (TUR).

Vinicius Júnior completará 18 anos dia 12 de julho e, a princípio, como prevê o contrato, deverá se apresentar ao Real Madrid. Há, no entanto, a possibilidade de que ele fique no Flamengo até o fim desta temporada.

(Foto: Gilvan de Souza/ Flamengo - retirada do UOL)

Compartilhe:
Imagem Nuvem de Notificações

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2017

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Cor
    72
  • 2 Pal
    63
  • 3 San
    63
  • 4 Grê
    62
  • 5 Cru
    57
  • Veja tabela completa