publicidade
À flor da pele: Diego Souza acumula 7 cartões nos últimos 14 jogos pelo Sport. Foto: Marcello Zambrana/Agif/Estadão Conteúdo - retirada do UOL

À flor da pele: Diego Souza acumula 7 cartões nos últimos 14 jogos pelo Sport. Foto: Marcello Zambrana/Agif/Estadão Conteúdo - retirada do UOL

Roberto Oliveira
Colaboração para o UOL

Há oito partidas sem vitória no Brasileirão, o Sport deixou a briga pela Libertadores, despencou na tabela e se vê apenas dois pontos acima da zona de rebaixamento. Em meio à crise que se instalou na Ilha do Retiro, um dado tem chamado a atenção nas últimas rodada: a indisciplina. Nos dois últimos jogos, o time dobrou o número de expulsões. 

Até a partida contra o Avaí, na antepenúltima rodada, o Sport tinha apenas uma expulsão no Brasileirão. Nas duas partidas seguintes, derrota por 2 a 0 contra o Flamengo e empate por 1 a 1 ante o Vasco, foram dois vermelhos. O dobro. 

Um detalhe que salta aos olhos é que ambas expulsões não foram por lances violentos, mas por indisciplina. Tanto Patrick, contra o Flamengo, como Diego Souza, diante do Vasco, foram mais cedo para o chuveiro depois de abusarem na reclamação com a arbitragem. O que evidencia os nervos à flor da pele na equipe em seu momento mais complicado desde a chegada de Vanderlei Luxemburgo.

O experiente treinador, aliás, já identificou o problema da indisciplina na equipe. "Luxemburgo vem trabalhando nisso também, pedindo para a gente ter calma, paciência, não falar com a arbitragem. É prestar atenção nisso daí e acho que não vamos mais passar por isso", afirmou o volante Anselmo, que vem reconquistando espaço na equipe após lesão. 

"Acho que a gente está querendo buscar os nossos objetivos. Então, a gente fica com essa tensão. A gente tem que buscar o equilíbrio nisso aí. Quando as coisas não acontecem, o cara acaba estourando", explicou o jogador. 

Diego Souza reflete nervosismo 

O melhor exemplo do nervosismo que tomou conta dos atletas do Sport durante a queda da equipe é Diego Souza. Há mais de dois meses sem marcar, o craque do time acumula seis cartões amarelos nas últimas 14 partidas, segundo dados do FootStats - além da expulsão com apenas 20 minutos de jogo contra o Vasco. 

O período coincide justamente com o fim da novela com o Palmeiras, que tentou sem sucesso a contratação do meia-atacante a pedido de Cuca no início de julho. Antes da negociação, o camisa 87 tinha levado apenas 4 cartões amarelos em 30 jogos no ano. Desde que anunciou sua permanência do clube, ele ainda não reencontrou seu bom futebol e tem recebido críticas de parte da torcida, fato novo em seus quase quatro anos de Sport.

Compartilhe:
Imagem Nuvem de Notificações

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2017

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Cor
    72
  • 2 Pal
    63
  • 3 San
    63
  • 4 Grê
    62
  • 5 Cru
    57
  • Veja tabela completa