publicidade
Rafael Moura marcou nove gols pelo Atlético-MG em 2017, sendo quatro no Brasileirão. Foto: Marcello Zambrana/AGIF - retirada do UOL

Rafael Moura marcou nove gols pelo Atlético-MG em 2017, sendo quatro no Brasileirão. Foto: Marcello Zambrana/AGIF - retirada do UOL

Rafael Moura nunca escondeu sua paixão pelo Atlético-MG. Natural de Belo Horizonte, o atacante começou a carreira no clube do coração. Após se tornar profissional, teve de seguir carreira em outras equipes após apenas duas partidas no time principal do Galo. Rafael Moura defendeu grandes camisas como Corinthians, Fluminense e Internacional, mas jamais esqueceu o Atlético.

Mais de uma década depois de deixar o clube de seu coração, Rafael Moura teve a chance de retornar à Cidade do Galo. O atacante assinou contrato de duas temporadas, ciente de que no primeiro ano seria emprestado ao Figueirense, como parte do acordo pela compra de Clayton. Foi então que a chance de vestir novamente a camisa do Atlético chegou, em 2017, 13 anos depois de trocar o clube mineiro pelo Vitória.

Com 34 anos e já caminhando para o fim de carreira, Rafael Moura viveu emoções que ainda não tinha vivenciado. Marcou o primeiro gol pelo time profissional do Atlético, contra o Uberlândia, em fevereiro, no Independência. Também fez gol no Mineirão e um na disputa da Copa Libertadores. Além de conquistar um título, o Campeonato Mineiro, sobre o Cruzeiro, o que deu um gosto especial.

Mas falta algo. Rafael Moura tem o sonho de encerrar a carreira no Atlético e ainda conquistar um grande título. A aposentadoria não vai ser no término desta temporada. E nem vai ser possível ganhar o grande título, como deseja o atacante. Por isso, com o contrato se encerrando, Rafael Moura quer renovar o vínculo com o Galo por pelo menos mais uma temporada.

"É mais que obrigação me entregar e mostrar vontade pelo clube do meu coração. Eu escolhi o Atlético. Meu contrato acaba em dezembro, eu quero renovar aqui, quero ficar aqui. Quero poder cravar meu nome na história do Atlético, poder ganhar um grande título. É tudo que eu imagino para o término da minha carreira, estar no meu clube do coração e ganhar um grande título", declarou Rafael Moura, em entrevista ao canal Espn.

O fato de ser reserva de Fred faz com que o centroavante tenha poucas oportunidades como titular. Neste domingo, num raro momento sem o dono da camisa 9, Rafael Moura vai começar jogando, contra o Bahia, às 18h (horário de Brasília), na Fonte Nova, pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro. Uma grande chance para quem busca a renovação de contrato.

Como o Atlético ainda sonha com uma vaga na próxima Copa Libertadores, Rafael Moura pode ser importante na busca desse objetivo que resta em 2017. No Brasileirão, o camisa 13 marcou quatro gols, sempre em jogos que o Galo pontuou. No empate com a Ponte Preta, em casa, e nos triunfos sobre São Paulo, Coritiba e Flamengo.

Compartilhe:
Imagem Nuvem de Notificações

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2017

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Cor
    71
  • 2 Grê
    61
  • 3 Pal
    60
  • 4 San
    59
  • 5 Cru
    56
  • Veja tabela completa