publicidade
Fernando Veiga (de camisa grená) relatou momento complicado do Fluminense. Foto: Nelson Perez/Fluminense

Fernando Veiga (de camisa grená) relatou momento complicado do Fluminense. Foto: Nelson Perez/Fluminense

Leo Burlá
Do UOL, no Rio de Janeiro

Sem vitórias há cinco rodadas no Campeonato Brasileiro, o Fluminense vê a zona da degola mais de perto e as cobranças [e também as explicações] aumentam.

Em áudio vazado por um grupo de Whatsapp, Fernando Veiga, vice-presidente de futebol do clube, expôs a realidade financeira do clube. Em tom sereno, Veiga relatou o drama do dia a dia do clube, que não tem poder nenhum de fogo para investir. A conversa foi enviada em um grupo de tricolores um dia após a derrota por 1 a 0 para o Grêmio.

"A gente não tem dinheiro para pagar salário de R$ 20 mil. Há um mês, corremos atrás de volantes e zagueiros medianos que pediram 250 mil para jogar pelo Fluminennse. Como é que a gente paga isso? Nossa receita é baixíssima.A gente tem receita de time pequeno, de Atlético-GO. Nós somos time grande, um time enorme, um dos  maiores times do mundo, mas a gente hoje tem receita de time pequeno", relatou.

O dirigente, que trabalhou nas divisões de base na época da gestão de Peter Siemsen, elogiou o trabalho que o ex-dirigente fez em Xerém, mas falou dos equívocos cometidos por Siemsen em sua gestão.

"Ele pecou muito no segundo mandato, principalmente no último ano. Foram feitas contratações de caráter técnicos muito duvidoso, contratos caros e longos que nos deixam amarrados. Não gosto de ficar justificando o passado para pensar que estamos justificando o fracasso do presente, mas isso é inevitável, os números estão aí. São milhões e milhões de déficit acumulado, jogadores com contrato de quatro, cinco anos com remuneração progressiva. Jogadores que não têm a minima condição de jogar e que atrapalham à medida que a gente não tem como se reforçar", contou Veiga.

O vice-presidente disse crer que o Flu tem um bom time, mas não um bom elenco. Ainda assim, reafirmou sua confiança em Abel Braga e disse que está cobrando a cúpula de futebol tricolor.

Após dois dias de folga, o grupo do Flu retoma as atividades nesta quarta-feira. Abel Braga comandará treino em período integral no CT.

Compartilhe:
Imagem Nuvem de Notificações

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2017

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Cor
    58
  • 2 Grê
    49
  • 3 San
    49
  • 4 Pal
    47
  • 5 Cru
    47
  • Veja tabela completa