publicidade
No gramado da Vila Belmiro, pela primeira vez, Felipe Melo e Lucas Lima se encontram

No gramado da Vila Belmiro, pela primeira vez, Felipe Melo e Lucas Lima se encontram

José Edgar de Matos e Samir Carvalho
Do UOL, em São Paulo (SP) e Santos (SP)

Um duelo individual marcará o primeiro encontro entre Santos e Palmeiras, marcado para este domingo, às 18h30 (de Brasília) e válido pela nona rodada do Campeonato Paulista. No gramado da Vila Belmiro, pela primeira vez, Felipe Melo e Lucas Lima se encontram, e ambos possuem um desafio particular no jogo deste final de semana.

Reforço mais badalado do milionário Palmeiras ao lado de Miguel Borja, Felipe Melo terá o grande desafio pela frente. Parar Lucas Lima, um dos principais meio-campistas do Brasil nos últimos anos, é encarado como fundamental para o sucesso do Palmeiras na Baixada Santista.

Lucas Lima representa o primeiro duelo direto de Felipe Melo com um jogador de seleção brasileira. Ir bem diante do Santos – e anular o camisa 10 adversário – reafirmaria a importância do volante e afastaria a concorrência de Thiago Santos, atleta da mesma posição e que recebeu elogios pela atuação contra o São Paulo.

No entanto, para Felipe Melo, não basta apenas segurar o rival. A qualidade de passe do meio-campista serve para elevar a eficiência na saída de bola palmeirense e também como desafogo a Tchê Tchê.

Na última quarta-feira contra o Jorge Wilstermann, por exemplo, saiu do pé direito do `Ousado´ as duas principais chances antes do gol de Yerry Mina; e Eduardo Baptista quer um Palmeiras ativo ofensivamente, postura que passa pelos pés do meio-campista.

"É importante marcar o Santos, claro. Tive alguns jogos bons lá, e eu joguei quando ganhei do Santos na Vila Belmiro. Se for apenas para se defender, o placar vai ser adverso, porque o Santos sufoca", destacou o treinador palmeirense.

Nas estatísticas, Felipe Melo trabalha nas duas frentes (marcação e construção). São 16 desarmes (segundo no time) e 7 lançamentos certos (quinto dentro do elenco) neste Campeonato Paulista, segundo números do Footstats. Contra Lucas Lima, o veterano de 33 anos encara o grande teste.

Felipe Melo também é o principal desafio para Lucas Lima nesta temporada. O camisa 10 enfrentará pela primeira vez no Brasil um marcador com bastante experiência no futebol europeu.

O meia nunca escondeu de ninguém o sonho de jogar na Europa e até recusou proposta mais do que milionária da China por isso. Brilhar em cima do palmeirense seria uma forma de Lucas Lima provar para si mesmo e até para os críticos que ele pode `vingar´ em grandes clubes do velho continente.

Brilhar, aliás, é que Lucas Lima tem feito com a camisa do Santos nesta temporada. Após um 2016 apagado, o camisa 10 é o principal destaque do time no ano, principalmente na Copa Libertadores da América. Foi dele a enfiada de bola para Thiago Maia empatar o jogo contra o Sporting Cristal, no Peru, que livrou o time da derrota.

Na segunda rodada, Lucas Lima teve participação direta na vitória santista por 2 a 0 contra o The Strongest. Ele sofreu a falta que rendeu a expulsão do boliviano e o gol de Ricardo Oliveira no final do primeiro tempo. O camisa 10 ainda cobrou a falta na cabeça de Renato, que fechou o placar.

No total, foram cinco jogos: somando mais três jogos pelo Campeonato Paulista. Lucas Lima deu quatro assistências a gol e ainda balançou as redes uma vez.

Lucas Lima voltou mais focado neste ano. Tudo começou com uma reunião com o técnico Dorival Júnior em janeiro. O meia externou ao comandante que seu foco era brilhar com a camisa santista no seu último ano de contrato para se transferir para um grande clube da Europa.

O meia santista sabe que precisa se manter na seleção brasileira para alcançar o objetivo europeu. E, para isso, ele precisa se destacar com a camisa santista. Dorival também aconselhou bastante o meia e reconheceu na conversa que os títulos do Santos na temporada dependem muito do momento do camisa 10.

Compartilhe:
Imagem Nuvem de Notificações

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2017

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Cor
    72
  • 2 Pal
    63
  • 3 San
    63
  • 4 Grê
    62
  • 5 Cru
    57
  • Veja tabela completa