publicidade
Palmeiras sofreu com a retranca boliviana e só conseguiu balançar a rede aos 50 minutos do 2º tempo

Palmeiras sofreu com a retranca boliviana e só conseguiu balançar a rede aos 50 minutos do 2º tempo

O atacante Dudu, do Palmeiras, demonstrou emoção para descrever o sentimento do time após a vitória por 1 a 0 sobre o Jorge Wilstermann, da Bolívia, pela Copa Libertadores, no Allianz Parque. O atual campeão brasileiro conseguiu o resultado com um gol do zagueiro Yerry Mina, aos 50 minutos de etapa final, o que levou o capitão da equipe a dizer que o roteiro comprovou o espírito guerreiro do elenco.

"Desde a Argentina (local da estreia com o Atlético Tucumán) estamos sendo guerreiros. De novo, a gente não fez boa partida. O time deles enrolou muito. Serve para quando formos jogar fora de casa. Não existe jogo fácil", afirmou o atacante, na saída de campo. Os 38 mil presentes ao jogo, na arena, gritaram "time de guerreiros" enquanto a equipe retribuía o apoio com aplausos.

A equipe boliviana jogou a maior parte do tempo na defesa. A retranca só ruiu com o gol no último lance. "Foi um jogo muito complicado. Estamos de parabéns pela vitória", elogiou Dudu. O resultado deixou o Palmeiras como líder do grupo 5, com quatro pontos. O Jorge Wilstermann tem três. Nesta quinta-feira se enfrentam em Montevidéu o Peñarol e o Atlético Tucumán.

O zagueiro Edu Dracena disse na saída de campo que o gol no lance final foi um prêmio para quem buscou o resultado o jogo inteiro. "Nós falamos que seria um jogo difícil. Libertadores é isso aí. Não deixamos de jogar. O que aconteceu que nosso jogo rápido atrapalhou porque jogamos pelo meio", afirmou o defensor. A equipe volta a campo pela competição em 12 de abril, quando recebe o Peñarol, no Allianz Parque.

Foto: Paulo Whitaker/Reuters

Compartilhe:
Imagem Nuvem de Notificações

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2017

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Cor
    58
  • 2 Grê
    49
  • 3 San
    49
  • 4 Pal
    47
  • 5 Cru
    47
  • Veja tabela completa