publicidade
Zé Rafael, do Bahia, estava na pauta da Raposa para 2018, mas já foi descartado

Zé Rafael, do Bahia, estava na pauta da Raposa para 2018, mas já foi descartado

Thiago Fernandes
Do UOL, em Belo Horizonte

O Cruzeiro brecou as conversas pela contratação de Zé Rafael. Depois de fazer uma consulta ao estafe do atleta e confeccionar uma proposta com o Banco BMG, principal parceiro da atual diretoria na busca por reforços, o time deixou a busca pelo jogador em segundo plano. A razão é o acerto com Mancuello.

Adquirido por US$ 1,8 milhão (R$ 6 mi), o argentino fez diretoria e comissão técnica repensarem a busca por Zé Rafael. Como ambos atuam na mesma região do gramado, os mineiros optaram por retardar o investimento no atleta de 24 anos. A ideia é buscá-lo em uma janela futura, mesmo que isso demande um investimento maior.

O valor exigido pelo Bahia também foi um aspecto que apareceu como empecilho para a diretoria cruzeirense. Os baianos solicitam 4 milhões de euros (R$ 15 mi) para liberar o jogador em definitivo. O Tricolor é dono de 70% dos direitos econômicos de Zé Rafael, que tem contrato na Fonte Nova até dezembro de 2020. Ele renovou com a equipe em outubro do ano passado.

O Cruzeiro estava disposto a pagar entre 2,5 e 3 milhões de euros (R$ 9,4 e 11,3 milhões) para tirar o meio-campista do time de Salvador. Como conseguiu a liberação de Mancuello por um valor inferior, desistiu do atleta.

(Foto: Raul Spinassé/ Agência A Tarde/ ESTADÃO CONTEÚDO - retirada do UOL)

Compartilhe:
Imagem Nuvem de Notificações

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2018

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Pal
    59
  • 2 Int
    56
  • 3 Fla
    55
  • 4 São
    52
  • 5 Grê
    51
  • Veja tabela completa