publicidade
Neymar em treino com o PSG; animação nos bastidores e retrospecto de 2014 animam. Foto: Divulgação/PSG

Neymar em treino com o PSG; animação nos bastidores e retrospecto de 2014 animam. Foto: Divulgação/PSG

João Henrique Marques

Do UOL, em Paris

O desespero de Neymar após a eliminação do Brasil na Copa do Mundo assustou os mais próximos. Fechado, o atacante sentiu o baque da queda diante da Bélgica e a pressão mundial que se seguiu ao fracasso pessoal e coletivo na Rússia. Como há quatro anos, o camisa 10 do Brasil deixou o maior torneio do planeta em baixa. Em 2014, no entanto, a lesão na coluna e os reflexos do 7 a 1 tiveram resposta rápida com grandes exibições pelo Barcelona. É nisso que aposta o estafe do jogador. 

Neymar já teve participação de 15 minutos no título da Supercopa da França conquistado pelo Paris Saint-Germain no fim de semana passado – vitória por 4 a 0 contra o Monaco, em confronto disputado na China. Mais do que isso, a animação de vestiário nos primeiros dias de treino em Paris deixou a sensação de que o clima de "fundo do poço" passou.

Na visão de amigos e do estafe do jogador, a recuperação rápida será consolidada com boas exibições nos primeiros jogos da temporada pelo PSG. A reestreia como titular após quase seis meses sem jogar pelo clube será neste domingo, diante do Caen, no Parque dos Príncipes, em Paris, pela primeira rodada do Campeonato Francês.

Em 2014, no início da segunda temporada pelo Barcelona, Neymar deu mostras de poder de reação logo no primeiro jogo pelo clube após a traumática Copa do Mundo. Foi em duelo de pré-temporada contra o Leon, do México, no Camp Nou, que o brasileiro saiu como o protagonista da goleada por 4 a 0, com dois gols e uma assistência.

No espaço de um mês entre agosto e setembro, Neymar fez seis jogos pelo Campeonato Espanhol, com seis gols marcados. O Barcelona ficou invicto no período, com cinco vitórias e um empate.

É justamente a temporada de 2014/2015 que foi avaliada pela mídia catalã como a melhor de Neymar no clube. Nela, ele participa efetivamente da Tríplice Coroa conquistada pelo Barcelona, e termina a Liga dos Campeões como artilheiro, com dez gols, ao lado de Lionel Messi e Cristiano Ronaldo.

O cenário atual de Neymar no PSG é similar ao vivido em Barcelona. O jogador cumpriu a primeira temporada em Paris sem alcançar a expectativa criada, muito por conta da grave lesão no pé direito, e carrega a cobrança pela reação. 

No PSG, a primeira temporada de Neymar terminou após 30 jogos, com 26 gols marcados, e 16 assistências. O time conquistou todos os três títulos possíveis na França (Campeonato Frances, Copa da França e Copa da Liga) e foi eliminado nas oitavas de final da Liga dos Campeões. 

Compartilhe:
Imagem Nuvem de Notificações

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2018

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Pal
    59
  • 2 Int
    56
  • 3 Fla
    55
  • 4 São
    52
  • 5 Grê
    51
  • Veja tabela completa