publicidade
Agora o presidente da mesa do conselho deliberativo terá que convocar uma reunião extraordinária e exclusiva

Agora o presidente da mesa do conselho deliberativo terá que convocar uma reunião extraordinária e exclusiva

A Comissão de Inquérito e Sindicância (CIS) acatou o primeiro pedido de impeachment do presidente José Carlos Peres, encabeçado pelo conselheiro Alexandre Santos e Silva com 74 assinaturas de membros do conselho Santista. O pedido foi encaminhado a CIS, que analisou e conclui a consistência.

Ato contínuo convocou o presidente para apresentar sua defesa dentro do prazo estatutário. Recebendo os a explicações e provas apresentadas pelo presidente, passaram os conselheiros integrantes dessa comissão a fazer a apuração dos fatos e colher elementos em sindicância para apresentação de seu relatório de conclusão.

Terça-feira (10), último dia do prazo estatutário, entregaram a mesa do Egrégio Conselho Deliberativo (ECD) o resultado da sindicância que aponta motivos sólidos para que o processo de impedimento tenha continuidade.

Agora o presidente da mesa do conselho deliberativo Marcelo Teixeira, terá que convocar uma reunião extraordinária e exclusiva, para apresentar e colocar em votação o relatório da CIS, para os conselheiros votarem sua aprovação. 

O Movimento de Sócios do Santos FC Tá No Sangue sabe que o presidente da mesa do Egrégio Conselho Deliberativo Marcelo Teixeira legalmente não tem prazo para convocar a reunião extraordinária, porém manda o bom senso que isso ocorra o mais breve possível pelo bem do clube, pois não se consegue gerir a contento os vários requisitos de decisão enfrentados diariamente tendo em cheque sua legitimidade.

Compartilhe:
Imagem Nuvem de Notificações

Você também vai gostar

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2018

  • Classificação
    Pontos
  • 1 São
    50
  • 2 Int
    49
  • 3 Pal
    47
  • 4 Fla
    45
  • 5 Grê
    44
  • Veja tabela completa