O meia Giovanni Augusto foi outro que comentou sobre a situação do goleiro

O meia Giovanni Augusto foi outro que comentou sobre a situação do goleiro

José Edgar de Matos

Do UOL, em São Paulo

Cássio não se escondeu após a falha feia que cometeu na vitória de 2 a 1 sobre o Santa Cruz, na noite deste sábado, na Arena Corinthians. Ao microfone no Canal Premiere, o goleiro corintiano citou problemas extracampo, mas assumiu o erro e pediu desculpas (e apoio) à torcida alvinegra.

"Peço desculpas à torcida, aos meus companheiros. Acabei falhando. Não estamos bem extracampo, mas ninguém quer saber... Não estou tirando a minha culpa, eu errei. Fui dominar, dominei mal, o atacante foi muito rápido e ficou com a bola", disse o goleiro.

Depois de falhar contra o Botafogo e estar envolvido no segundo gol do Atlético-MG, no meio de semana, Cássio praticamente entregou o gol do Santa Cruz. Ele dominou errado dentro da área e viu Arthur tocar para Grafite completar para as redes, colocando o time pernambucano novamente no jogo.

"É chato. Dói, não é um lance difícil, treinamos isso todos os dias. Dominei a bola mal mesmo, com a proximidade dos jogadores adversários, eles foram rápidos. Eu errei, bola para frente, tenho maturidade e experiência suficiente para absorver isso. Não gosto que aconteça, mas tenho a cabeça boa para estar 100% à disposição para ajudar na quarta-feira. Felizmente nosso time ganhou", acrescentou.

Questionado sobre o problema extracampo, Cássio contou que a morte de sua avó ainda o incomoda. Porém, ressaltou que não quer usar isso como desculpa para uma eventual falha, como aconteceu neste sábado.

"Quem me conhece sabe como eu sou com a minha família. Não posso achar que isso é desculpa. Eu errei, mas às vezes a gente não está com a cabeça boa. Venho me recuperando, tive uma perda muito grande, uma das pessoas que eu mais amava, minha vó ,que me criou, fez tudo por mim. Para quem está sofrendo, é outra situação", disse Cássio, já na zona mista.

"Passo a passo vou evoluindo. A saudade vai ficar eternamente, mas vou continuar trabalhando para ajudar o Corinthians a conseguir as vitórias. Temos que ser honestos, mas agora é a hora de contar com a torcida do Corinthians. É importante contar com o apoio deles", completou.

Apoio dos companheiros
Após a falha, Cássio recebeu apoio de todos os companheiros, inclusive do técnico Cristóvão, que em entrevista coletiva falou sobre como pode ajudar o goleiro corintiano.

"Procurando conversar. Logo quando cheguei, tive uma conversa bem longa com ele. Agora, claro, o que o clube está fazendo é participar de uma forma que o ajude para ficar tranquilo para trabalhar e jogar. Hoje foi só coincidência de infelicidade, pois ele vem trabalhando bem. Falhas acontecem", disse.

Capitão do Corinthians neste sábado, Fágner também deu apoio ao companheiro: "O Cássio é um jogador experiente, todo mundo confia muito no trabalho dele. São coisas que acontecem no futebol. A gente tem que continuar trabalhando, vamos continuar dando apoio para ele e as coisas vão começar a acontecer de uma forma positiva para ele também".

O meia Giovanni Augusto foi outro que comentou sobre a situação do goleiro. ""Cássio para nós é uma referência. Tenho um carinho muito grande. Acontece, como aconteceu no jogo passado com Pedro Henrique, mas ele tem total apoio da gente e tem experiência para se recuperar e já fazer um grande jogo na quarta-feira", disse.

Foto: UOL

Compartilhe:
Imagem Nuvem de Notificações
comments powered by Disqus

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2017

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Cor
    20
  • 2 Grê
    19
  • 3 Cor
    15
  • 4 San
    13
  • 5 Cha
    13
  • Veja tabela completa