publicidade
Clássico cercado de assuntos extracampo acontece nesse sábado às 19h, no Maracanã

Clássico cercado de assuntos extracampo acontece nesse sábado às 19h, no Maracanã

Bruno Braz
Do UOL, no Rio de Janeiro

Jogadores envolvidos em rumores de saída e outros demonstrando publicamente insatisfações darão o tom do duelo, que vale a manutenção do Alvinegro no grupo de classificação para a Libertadores e que pode significar um alívio ao Tricolor em relação à proximidade da zona de rebaixamento.

Pelo lado de General Severiano, os efeitos da boa temporada aparecem em forma de clubes interessados no elenco do técnico Jair Ventura. O volante Bruno Silva, por exemplo, já teve seu nome citado pela diretoria do Cruzeiro, embora o Botafogo não confirme nenhum acordo. A situação deixou o jogador em saia-justa com a torcida, o que motivou cobrança e até um bate-boca do atleta com um internauta.

O goleiro Gatito Fernández, o zagueiro Igor Rabello e o atacante Roger, que se recupera de um tumor no rim, também estão sendo especulados em outras equipes. No caso do camisa 9, o Corinthians chegou forte na disputa e pode ser o destino do artilheiro em 2018.

Já pelas Laranjeiras, o clima ainda é de ressaca pela eliminação dramática para o rival Flamengo na Copa Sul-Americana. Cria da base do clube, o atacante Marcos Júnior expôs a insatisfação com os acontecimentos ao longo da temporada logo depois da partida.

"Não merecíamos perder da forma como perdemos. Mas o ano todo foi assim, só tomando porrada, muitas coisas negativas no clube... E tem o outro lado também. O Flamengo tem jogadores que estão fazendo por onde. Agora resta o Brasileiro, ter pensamento positivo e cabeça de gelo para sair dessa situação", declarou.

Além dos resultados em campo não estarem sendo satisfatórios, o Fluminense ainda atravessa uma crise financeira e está tendo dificuldades de honrar seus compromissos com o elenco. A torcida, porém, não tem levado muito isso em consideração e cobra de jogadores mais promissores, como no caso do meia Gustavo Scarpa, vaiado em alguns jogos e que, por conta disso, sequer comemorou seu gol diante do Bahia.

"Nossa torcida é bonita, não pode deixar estádio vazio assim. Na situação que estamos eles ficam meio desanimados. Até entendo, também sou torcedor. Mas eles têm que abraçar a gente. Não adianta ficar vaiando, não tem outro caminho, tem que apoiar do começo ao fim. Deixa para vaiar quando acabar o jogo. Eu posso ser vaiado, não ligo, tenho cabeça fria. Quanto mais me vaiarem, com mais vontade vou jogar", disse Marcos Júnior.

BOTAFOGO X FLUMINENSE
Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Hora: 19h (horário de Brasília)
Árbitro: Luiz Flavio de Oliveira (SP)
Auxiliares: Danilo Ricardo Simon (SP) e Miguel Cataneo Ribeiro (SP)

Botafogo
Gatito, Arnaldo, Carli, Igor Rabello e Victor Luis; Bruno Silva, Matheus Fernandes, João Paulo e Gilson; Rodrigo Pimpão e Brenner
Técnico: Jair Ventura

Fluminense
Diego Cavalieri; Lucas, Renato Chaves, Reginaldo e Marlon; Richard, Douglas, Sornoza e Gustavo Scarpa; Marcos Jr. e Henrique Dourado
Técnico: Abel Braga

Foto: Thiago Ribeiro/AGIF - retirada do UOL

Compartilhe:
Imagem Nuvem de Notificações

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2017

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Cor
    71
  • 2 Grê
    61
  • 3 Pal
    60
  • 4 San
    59
  • 5 Cru
    56
  • Veja tabela completa