publicidade
O Tricolor paulista abre a sua participação no returno do nacional no próximo domingo (13), no Morumbi, contra o Cruzeiro

O Tricolor paulista abre a sua participação no returno do nacional no próximo domingo (13), no Morumbi, contra o Cruzeiro

O São Paulo fechou o primeiro turno do Campeonato Brasileiro com mais um tropeço e na zona do rebaixamento. Neste domingo, na Fonte Nova, o Bahia derrotou o Tricolor paulista por 2 a 1. Régis e Mendoza marcaram para os donos da casa, enquanto Hernanes fez para os visitantes. 

O resultado deixou o São Paulo em uma situação ainda mais complicada na tabela. A equipe do treinador Dorival Júnior soma apenas 19 pontos, enquanto os baianos, que também tentam se afastar da zona da degola, passam a ter 23 pontos. 

O Tricolor paulista abre a sua participação no returno do nacional no próximo domingo (13), no Morumbi, contra o Cruzeiro. No mesmo dia, fora de casa, o Bahia encara o Atlético-PR.  

Desfalque

Dorival Júnior precisou mexer na formação da dupla de zaga do São Paulo. Titular absoluto, Rodrigo Caio recebeu o terceiro cartão amarelo na rodada anterior, na derrota para o Coritiba, e precisou cumprir suspensão automática. Militão foi o escolhido para ocupar a vaga, sendo que também estavam na disputa Lugano e Douglas.

Domínio do Bahia e erros de passe

Também na tentativa de se afastar da zona do rebaixamento, o Bahia começou a partida com uma postura mais ofensiva. Porém, a equipe não criou muitas oportunidades e deu pouco trabalho para Renan Ribeiro. Com o passar do jogo, as ações foram equilibradas. O São Paulo até tentava dar a resposta e chegar ao ataque, porém os passes errados dificultava as execuções das jogadas dos visitantes. 

Falhas e gols do Bahia

O São Paulo voltou a cometer erros e permitir a chegada do Bahia no primeiro tempo.Aos 39, Mendoza puxou a jogada pela esquerda e tocou para Rodrigão. O atacante cruzou e Régis surgiu na área para abrir o placar. Na sequência, Araruna errou na saída de bola, pela direita, e Zé Rafael, na velocidade pela esquerda, mandou para Régis, que cruzou para Mendoza. O meia só teve o trabalho de mandar para o gol: 2 a 0.

Esperança são-paulina

Antes de terminar o primeiro tempo, o São Paulo ainda esboçou uma reação. O goleiro Jean tentou tirar a bola, atrapalhou-se, e derrubou Pratto na área. O árbitro anotou pênalti, Após muita reclamação dos donos da casa, Hernanes converteu a cobrança.  

Cueva suspenso

Para complicar ainda mais a situação, na abertura do segundo turno, Cueva não poderá entrar em campo. O meia peruano foi punido com o cartão amarelo pelo árbitro João Batista de Arruda ainda no primeiro tempo. Como foi a terceira advertência do camisa 10 na competição, ele terá de cumprir suspensão automática. 

Retranca baiana

Com a vantagem no placar, os donos da casa adotaram uma postura mais defensiva no segundo tempo e administraram o resultado. O São Paulo, mesmo com mais posse de bola, poucas vezes chegava ao ataque com perigo. Dorival Júnior até tentou mexer no time, com as entradas de Marcos Guilherme, Brenner e Júnior Tavares, mas o desempenho ainda ficou abaixo do esperado. No finalzinho, a torcida do São Paulo ainda levou um susto. Allione fez o terceiro, mas o árbitro anulou pois o argentino estava em posição de impedimento.

Os piores: Araruna e Marcinho

Escalado na lateral direita na vaga de Bruno, alvo de críticas da torcida nas últimas rodadas, Araruna não deu conta do recado. No lance do segundo gol do Bahia, ele falhou feio ao tentar sair com a bola. Já Marcinho não conseguiu dar continuidade em uma jogada.

O melhor: Mendoza

O colombiano imprimiu um ritmo veloz nos contra-ataques e dificultou a marcação da defesa são-paulina. De quebra, ainda marcou o segundo gol dos donos da casa.

Ficha técnica

Campeonato Brasileiro - 19ª rodada

Bahia x São Paulo

Data: 6 de agosto de 2017
Local: Fonte Nova, em Salvador (BA)
Árbitro: João Batista de Arruda (RJ)
Auxiliares: Luiz Claudio Regazone e Eduardo de Souza Couto (ambos do Rio de Janeiro)
Cartões amarelos: Eduardo, Régis, Tiago, Jean (Bahia); Marcinho e Cueva (São Paulo)
Gols: Régis aos 39 do 1º tempo, Mendoza aos 42 do 1º, Hernanes aos 48 do 1º

Bahia: Jean; Eduardo, Tiago, Lucas Fonseca e Armero (Juninho Capixaba); Renê Júnior, Edson, Régis (Juninho) e Zé Rafael (Allione); Mendoza e Rodrigão. Técnico: Petro Casagrande.

São Paulo: Renan Ribeiro;Araruna, Arboleda, Militão e Edimar (Júnior Tavares); Jucilei (Marcos Guilherme) e Petros; Marcinho (Brenner), Hernanes e Cueva; Lucas Pratto; Técnico: Dorival Júnior. 

Foto: Divulgação/Bahia

Compartilhe:
Imagem Nuvem de Notificações

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2017

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Cor
    55
  • 2 San
    47
  • 3 Grê
    46
  • 4 Cru
    44
  • 5 Pal
    43
  • Veja tabela completa