publicidade
O resultado mantém o time catarinense na zona de rebaixamento

O resultado mantém o time catarinense na zona de rebaixamento

A ofensividade do Bahia quase definiu o jogo neste domingo, mas o Avaí conseguiu segurar um empate por 1 a 1 no Estádio de Pituaçu, em Salvador. Renê Junior abriu o placar com um golaço, mas Junior Dutra selou a igualdade em uma bonita bicicleta.

O resultado, no entanto, mantém o time catarinense na zona de rebaixamento da Série A do Campeonato Brasileiro. O Leão da Ressacada só conseguiu ultrapassar o São Paulo, que perdeu para a Chapecoense nesta mesma tarde. O Bahia, por sua vez, é o 13º com 18 pontos.

Para aplaudir de pé

O legítimo golaço. Depois de muito martelar, o Bahia balançou a rede aos 29 do segundo tempo com Renê Junior, que tabelou com Vinícius entre a zaga, dominou com a cabeça e tocou na saída do goleiro Douglas.

Pedala, Júnior Dutra!

O erro do goleiro Jean custou caro para o Bahia aos 37. Em cobrança fechada de escanteio, Júnior Dutra engatou a bicicleta e contou com um desvio em Romulo para selar o empate na partida.

Teria sido outro golaço

Mas não foi. A bela jogada de Eduardo pela direita do ataque do Bahia no primeiro tempo, aos 29, resultou em cruzamento rasteiro para Allione. O argentino emendou um toque de letra que, por pouco, não resultou em golaço: bola na trave esquerda.

Fez dançar

O prenúncio da superioridade do Bahia veio logo aos três minutos do primeiro tempo, quando Régis aplicou uma caneta de letra em Leandro Silva e levantou a torcida em Pituaçu.

A jogada teve sequência com Matheus Reis e Matheus Sales, que encontrou Eder na intermediária. O zagueiro cortou a marcação e não fez feio longe de sua função habitual, mas chutou para fora.

Chance solitária

A primeira e única oportunidade do Avaí no primeiro tempo não foi grandiosa, mas assustou um pouco. Depois de um bonito drible de Leandro Silva pela direita, Júnior Dutra cruzou para a área de olho em Joel. Eder escorregou e falhou na marcação, de modo que o atacante teve liberdade para cabecear como quis – entretanto, a bola saiu à direita do gol.

Evitou o pior

O resultado poderia ter sido ainda pior para o Avaí, não fosse a grande defesa de Douglas aos 15 do segundo tempo. O colombiano Mendoza recebeu na entrada da área e arriscou a bomba, mas o goleiro catarinense espalmou para escanteio com categoria.

Desfalque

Depois de brilhar com dois gols na sua estreia como titular, que ocorreu na vitória por 3 a 0 sobre a Ponte Preta, o atacante Rodrigão não foi nem para o banco do Bahia. O jogador está em recuperação de uma luxação na falange de um dos dedos do pé.

Seu substituto foi João Paulo, que finalizou bem aos 33 do primeiro tempo para uma igualmente boa defesa de Douglas.

Futebol ou supermercado?

A partida deste domingo inicialmente ocorreria na Arena Fonte Nova, mas um evento de supermercados deixou o palco indisponível. Consequentemente, o Bahia foi obrigado a mandar o jogo no Estádio de Pituaçu.

FICHA TÉCNICA
BAHIA 1 X 1 AVAÍ

Data e hora: 16/07/17, domingo, às 19h (de Brasília)
Local: Estádio de Pituaçu, em Salvador (Bahia)
Árbitro: Eduardo Tomaz de Aquino Valadão (GO)
Auxiliares: Fabricio Vilarinho da Silva e Cristhian Passos Sorence (ambos de GO)
Cartões amarelos: Renê Junior e Feijão (Bahia)
Gol: Renê Junior, aos 29 minutos do segundo tempo (Bahia); Júnior Dutra, aos 37 do segundo (Avaí)

BAHIA: Jean; Eduardo, Eder, Lucas Fonseca e Matheus Reis; Matheus Sales, Renê Junior, Régis (Vinícius) e Allione (Gustavo Ferrareis); Mendoza (Junior Brumado) e João Paulo
Técnico: Jorginho

AVAÍ: Douglas; Leandro Silva, Fagner Alemão, Betão e Capa; Lucas Otávio (Lourenço), Wellington Simião e Pedro Castro; Júnior Dutra, Romulo (João Paulo) e Joel (Willians)
Técnico: Claudinei Oliveira

Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia

Compartilhe:
Imagem Nuvem de Notificações

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2017

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Cor
    37
  • 2 Grê
    31
  • 3 San
    27
  • 4 Fla
    15
  • 5 Spo
    24
  • Veja tabela completa