publicidade
Além de ter sido atleta na equipe paranaense, Valentim também iniciou por lá sua carreira fora dos gramados

Além de ter sido atleta na equipe paranaense, Valentim também iniciou por lá sua carreira fora dos gramados

Do UOL, no Rio de Janeiro

O técnico Alberto Valentim estreou no Vasco na noite desta quarta-feira na Arena da Baixada (PR), mas por ironia do destino, coube ao Atlético-PR, clube onde foi ídolo como jogador, não ter piedade e carimbar seu primeiro jogo com derrota por 1 a 0, gol de Raphael Veiga.

Além de ter sido atleta na equipe paranaense, Valentim também iniciou por lá sua carreira fora dos gramados trabalhando como auxiliar.

Com o resultado, o Atlético-PR alcançou o Vasco na tabela e somou 24 pontos na 13ª colocação, mas ficou à frente dos cariocas por conta do saldo de gols.

A equipe de São Januário ainda tem um jogo a menos no Campeonato Brasileiro, válido pela terceira rodada, contra o Santos, fora de casa. O mesmo vale para o time paranaense, que enfrentará a Chapecoense no dia 13 de setembro, em jogo adiado da 20ª rodada.

Atlético-PR chegou a vitória com desempenho melhor na etapa final

Atlético-PR e Vasco fizeram um primeiro tempo bastante equilibrado, com os paranaenses tendo mais volume de jogo, mas com os cariocas criando as duas melhores oportunidades. No segundo tempo, no entanto, o Furacão foi para cima e fez por merecer a vitória diante de um Cruzmaltino excessivamente recuado.

Passou perto
Logo aos cinco minutos do primeiro tempo, Veiga bateu escanteio da esquerda e Zé Ivaldo subiu mais alto que a zaga do Vasco. A cabeçada passou muito perto do gol de Martín Silva.

Que isso, Santos!
Aos 25, o goleiro Santos foi sair jogando com os pés e entregou o ouro para Vinícius Araújo. O atacante driblou Zé Ivaldo e chutou forte, mas para fora.

Santos falha de novo
Cinco minutos depois, Santos falhou de novo ao sair mal num cruzamento e deixar a bola nos pés de Raul. O volante furou na primeira conclusão, mas na segunda obrigou o goleiro a se redimir. No rebote, Andrés Rios tentou de bicicleta, mas a bola foi para fora.

Início avassalador
O Atlético-PR começou o segundo tempo a todo o vapor pressionando e criando duas grandes chances de gols na sequência aos 1 e 2 minutos.

No travessão!
Um minuto depois, Raphael Veiga bateu falta da esquerda por baixo. Zé Ivaldo finalizou no segundo pau e acertou o travessão!

Atlético-PR abre o placar!
A pressão do Atlético-PR acabou resultando em gol aos 18 minutos do primeiro tempo, quando Léo Pereira cruzou da esquerda e Raphael Veiga subiu mais alto que a zaga para abrir o placar.

Raphael Veiga - o melhor
Emprestado pelo Palmeiras, o meia comandou o Atlético-PR com bons passes e também deixou o dele no segundo tempo.

Henrique - o pior
O lateral esquerdo do Vasco cedeu muitos espaços e falhou na marcação no gol do Atlético-PR.

Tiago Nunes explora as bolas aéreas
O técnico do Atlético-PR, Tiago Nunes, explorou bem as bolas aéreas ciente de que esta era a fragilidade do sistema defensivo do Vasco. E foi desta maneira que o time da casa achou o gol com Raphael Veiga de cabeça.

Valentim aposta em três volantes

Em sua estreia, Alberto Valentim apostou no mesmo esquema com três volantes que o interino Valdir Bigode havia feito na vitória sobre a Chapecoense na rodada anterior. O time até se portou bem no primeiro tempo, mas caiu de produção na etapa final e o treinador demorou a fazer alterações.

Reencontro com Wellington
O Vasco reencontrou com seu ex-volante Wellington. O jogador rescindiu com o Cruzmaltino este ano após sofrer fortes críticas por parte da torcida. Sua atuação foi discreta na Arena da Baixada.

Torcida única
Em parceria com o Ministério Público, o Atlético-PR novamente adotou o projeto de "torcida única", não abrindo venda e nem setores para os vascaínos na Arena da Baixada. O cruzmaltino que quisesse comparecer ao estádio tinha que ir sem camisa ou adereços do clube e deveria ficar misturado aos atleticanos.

Wagner poupado
Mesmo tendo viajado com o elenco do Vasco, o meia Wagner foi poupado pela comissão técnica após avaliações dos médicos dando conta de que o experiente jogador estava desgastado fisicamente.

Foto: Carlos Gregório Jr/Vasco.com.br

Compartilhe:
Imagem Nuvem de Notificações

Você também vai gostar

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2018

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Pal
    59
  • 2 Int
    56
  • 3 Fla
    55
  • 4 São
    52
  • 5 Grê
    51
  • Veja tabela completa