publicidade
Campeão da Série B do ano passado, o time goiano sofreu na elite em 2017

Campeão da Série B do ano passado, o time goiano sofreu na elite em 2017

Do UOL, em Santos (SP)

O Atlético-GO está matematicamente rebaixado para a segunda divisão do Campeonato Brasileiro. Campeão da Série B do ano passado, o time goiano sofreu na elite em 2017 e confirmou neste domingo (19), com empate por 1 a 1 com a Chapecoense, no estádio Olímpico (GO), o que já parecia inevitável há um bom tempo.

Com o resultado, o Atlético-GO vai a 34 pontos e acaba confirmando o descenso porque os concorrentes diretos Vitória (40) e Ponte Preta (39) ainda se enfrentam, na 37ª rodada. Mesmo que a Ponte perca para o Fluminense nesta segunda-feira e mantenha os 39 pontos, o confronto direto com o Vitória impede que as duas equipes terminem com menos de 41 pontos.

Se der empate no confronto entre baianos e paulistas, o Vitória chega aos 41 pontos, mais do que os 40 que o Atlético-GO pode chegar se vencer os dois duelos que faltam. Se o Vitória derrotar a Ponte, o time baiano vai a 43. Se a Ponte derrotar o Vitória, ela chega aos 42 pontos e impede o time goiano de ultrapassá-la.

A Chapecoense, por sua vez, vai aos 48 pontos e perde a chance de se aproximar ainda mais do G-7 e, portanto, de uma vaga para a pré-Libertadores.

Atlético-GO e Chapecoense voltam a campo no próximo domingo (26). A equipe goiana visita o Grêmio na Arena Grêmio, às 17h, enquanto a Chape visita o Bahia na Fonte Nova, às 19h.

O melhor: Apodi
Não participou do gol da Chape, mas foi a principal opção ofensiva do time catarinense. Incansável, atuou quase como um ponta pela direita. Correu demais e construiu ótimas jogadas.

Quem não faz...
O Atlético-GO foi superior à Chape na etapa inicial e criou grandes chances de abrir o placar. Pecou, porém, ora na finalização, ora no último passe. Faltou eficiência, algo que não acontece com a Chape, que mesmo criando menos, foi para o intervalo em vantagem. Após cobrança de escanteio, Túlio de Melo dividiu com William Alves e a bola pegou na cabeça do zagueiro antes de ir para as redes.

Noite dos goleiros
O placar de 1 a 1 não representou o que foi o jogo no Olímpico (GO). Klever, do Atlético-GO, e Jandrei, da Chape, fizeram grandes defesas ao longo do jogo e impediram mais gols.

Que fase da Chape!
Com o resultado deste domingo, a Chapecoense alcançou uma marca de oito jogos sem derrotas na competição nacional. A última derrota aconteceu há mais de um mês: dia 15 de outubro, 1 a 0 contra o Flamengo, na Arena Condá.

ATLÉTICO-GO 1 X 1 CHAPECOENSE

Local: Estádio Olímpico, em Goiânia (GO)
Data: 19/11/2017 (domingo)
Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (Fifa-PA)
Assistentes: Helcio Araújo Neves (PA) e José Ricardo Guimarães Coimbra (PA)
Cartões amarelos: Jonathan, Jorginho e Marcão Silva (Atlético-GO); Túlio de Melo e Lucas Mineiro (Chapecoense)
Gols: Túlio de Melo, aos 35min do primeiro tempo; Luiz Fernando, aos 45min do segundo tempo

ATLÉTICO-GO
Klever; Jonathan (Marcão Silva), William Alves, Gilvan e Breno Lopes; André Castro, Igor (Jefferson Nem), Andrigo, Jorginho e Luiz Fernando; Diego Rosa
Técnico: João Paulo Sanches

CHAPECOENSE
Jandrei; Apodi, Douglas, Fabrício Bruno e Reinaldo; Amaral, Moisés Ribeiro, Luiz Antonio (Lucas Marques), João Pedro (Lucas Mineiro) e Arthur; Túlio de Melo (Rodrigo)
Técnico: Gilson Kleina

Foto: Carlos Costa/Futura Press/Estadão Conteúdo (retirada do UOL)

 

Compartilhe:
Imagem Nuvem de Notificações

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2017

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Cor
    72
  • 2 Pal
    63
  • 3 San
    63
  • 4 Grê
    62
  • 5 Cru
    57
  • Veja tabela completa