publicidade
Rony pelo Niigata: Fifa o liberou para assinar com qualquer clube; Atlético apostará no jogador

Rony pelo Niigata: Fifa o liberou para assinar com qualquer clube; Atlético apostará no jogador

Napoleão de Almeida
Colaboração para o UOL

O atacante brasileiro Rony, de 23 anos, que tinha vínculo com o Albirex Niigata, do Japão, vai assinar contrato com o Atlético Paranaense nesta terça-feira (10), após uma disputa na Fifa com o clube japonês pela sua liberdade contratual. Rony esteve cotado por Corinthians e Botafogo, que entenderam que contratá-lo nessas circunstâncias poderia ser uma operação arriscada; já o Furacão entendeu, após análise jurídica, que não há riscos.

Segundo seu advogado, o jogador entrou com uma reclamação na Fifa em 9 de maio para anular o contrato com o Niigata, alegando inconsistência contratual. Rony foi emprestado pelo Cruzeiro para o Niigata em dezembro de 2016 e teve parte dos direitos colocados na negociação de Bruno Silva com o Botafogo. Ele voltou ao Brasil, mas o clube japonês protestou.

O Corinthians entrou na jogada, mas entendeu ser uma transação temerosa. Rony então pediu o fim do vínculo na Fifa, que optou por não se manifestar de imediato, mas permitiu que Rony rescindisse o contrato unilateralmente e pudesse seguir sua carreira até que haja um julgamento da questão.

"Tem clubes que tem medo de sofrer uma sanção. A gente entende que não, por que o clube que o contratar não colaborou para que ele fizesse a rescisão. Entre os clubes que conversamos, o Atlético Paranaense analisou os documentos que temos e entendeu que nós temos razão", contou o advogado de Rony, Carlos André de Freitas Lopes. Rony já realizou exames no Furacão e é esperado para assinar o contrato nesta manhã.

Segundo Lopes, o Cruzeiro deu a rescisão contratual a Rony, o que anularia o contrato de empréstimo do jogador. Para fazer o registro no BID, o Atlético irá precisar que a Fifa libere o ITC, certificado de transferências internacionais, o que legitima a negociação. "Se no futuro a Fifa decidir a favor do Rony, a história morre aqui; se não, ele terá que indenizar o clube do Japão", projetou Lopes, que não vê riscos para o Atlético. O prazo de contrato deverá ser de três anos.

Rony foi revelado pelo Remo e chamou a atenção do Cruzeiro, que o levou em 2015 ainda no sub-20, com contrato até 2020. Ele defendeu o Náutico na temporada 2016 e, no final do ano, foi por empréstimo para o Japão. Após 36 jogos e 8 gols pelo Niigata, começaram as disputas judiciais na Fifa. Sua última partida foi em 2 de dezembro de 2017, quando marcou o gol da vitória do Niigata sobre o Cerezo Osaka por 1 a 0.

Foto: Reprodução/Albirex Niigata

Compartilhe:
Imagem Nuvem de Notificações

Você também vai gostar

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2018

  • Classificação
    Pontos
  • 1 São
    50
  • 2 Int
    49
  • 3 Pal
    47
  • 4 Fla
    45
  • 5 Grê
    44
  • Veja tabela completa