publicidade
Robinho, do Atlético-MG, tenta ganhar jogada de Diego Viera, do Godoy Cruz

Robinho, do Atlético-MG, tenta ganhar jogada de Diego Viera, do Godoy Cruz

Do UOL, em Belo Horizonte

No décimo jogo da temporada 2017 o Atlético-MG estreou na Copa Libertadores, contra o Godoy Cruz, em Mendonza, na Argentina. Com oito vitórias no ano, o torcedor atleticano esperava mais da equipe alvinegra no confronto que aconteceu no Estádio Malvinas Argentinas. Mas após um primeiro tempo em que o Atlético mostrou muita dificuldade, o time apenas empatou em 1 a 1, com Fred marcando de pênalti o gol da equipe brasileira.

No outro jogo do grupo 6, o Sport Boys, da Bolívia, recebeu o Libertad, do Paraguai, e a partida terminou empatada em 3 a 3. Agora uma longa pausa na competição continental. O próximo compromisso do Atlético pela Libertadores vai ser no dia 13 de abril, contra o Sport Boys, da Bolívia. A partida vai ser disputada em Belo Horizonte. No entanto, a definição do estádio ainda não aconteceu, se o jogo vai ser disputado no Independência ou no Mineirão.

Fred chega a nove gols em 20 jogos de Libertadores

A edição 2017 é a quarta vez de Fred na Copa Libertadores. Ainda em busca do primeiro título continental, o centroavante atleticano tem uma boa média de gols quando se trata do principal torneio de clubes da América do Sul. Com o gol anotado diante do Godoy Cruz, Fred chegou a nove em 20 partidas. Pelo Fluminense foram três participações, entre 2011 e 2013, com 19 jogos e oito gols marcados.

Experiente em Libertadores, Fábio Santos tem estreia ruim

Entre os jogadores do Atlético inscrito na Copa Libertadores, apenas o lateral esquerdo tem duas conquistas no currículo, em 2005 e 2012, por São Paulo e Corinthians, respectivamente. No entanto, o camisa 6 do Atlético não teve uma jornada das mais felizes em Mendonza. Fábio Santos sofreu com os constantes avanços do Godoy Cruz, que abusou das jogadas pelo lado direito do ataque.

Atlético estreia patch quem lembra o título de 2013

Entre as novidades da Copa Libertadores na edição 2017 está a introdução do patch que lembra o número de conquistas de cada clube. Campeão em 2013, o Atlético usou pela primeira vez o brasão que é enviado pela própria Conmebol aos clubes que já conquistaram o torneio.

Nove mudanças em relação ao time eliminado em 2016

No dia 18 de maio de 2016 o Atlético venceu o São Paulo por 2 a 1, mas não foi o suficiente para seguir na Libertadores e o time alvinegro foi eliminado nas quartas de final. Da equipe titular naquela noite, no Independência, apenas dois estava em campo no confronto com o Godoy Cruz, o zagueiro Leonardo Silva e o lateral direito Marcos Rocha. Giovanni, Rafael Carioca e Robinho já faziam parte do elenco, mas estavam sem condições de jogo. Titular naquele confronto com o São Paulo, Cazares entrou no jogo disputado na Argentina somente no intervalo. Já Gabriel sequer foi relacionado. Os demais titulares diante do Godoy Cruz, Fábio Santos, Elias, Danilo, Otero e Fred só chegaram à Cidade do Galo após a eliminação na Libertadores do ano passado.

Roger pede calma no primeiro tempo e ajusta time no intervalo

O Atlético sofreu bastante na primeira etapa. Apesar de ter a posse de bola por 61% do tempo, o time brasileiro tinha dificuldades para criar. Foram sete finalizações ao gol defendido por Rey, mas nenhuma no alvo. Roger sempre aparecia pedindo calma aos jogadores, que estavam abusando dos lançamentos. No intervalo, com muita conversa e a entrada de Cazares no lugar de Danilo, o Atlético melhorou na partida. Empatou o jogo e não sofreu mais sustos.

Minutos finais com um jogador a mais e de pressão

Aos 39 minutos o Godoy Cruz perdeu um jogador expulso. Ortiz recebeu o cartão vermelho por uma falta dura no atacante Clayton. Com um jogador a mais, o Atlético aproveitou para pressionar o time argentino. Lance de perigo mesmo apenas nas bolas alçadas na área. No entanto, o goleiro Rey não teve de fazer uma defesa sequer.

Compartilhe:
Imagem Nuvem de Notificações
comments powered by Disqus

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2017

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Cor
    23
  • 2 Grê
    22
  • 3 San
    16
  • 4 Bot
    15
  • 5 Cor
    15
  • Veja tabela completa