Léo Citadini entra na Justiça contra o Guarani, mas presidente garante permanência

Nome do projeto

Publicidade
Publicidade

O meia Léo Citadini, uma das maiores revelações do Guarani dos últimos tempos, pode estar de saída do clube devido ao atraso nos salários. O atleta entrou na Justiça contra o Bugre alegando que não recebe há três meses e pedindo a rescisão contratual.
O presidente do Guarani, Marcelo Mignone, afirmou que foi pego de surpresa.
"Eu não sabia desta situação, foi uma surpresa. Se o Léo entrou nessa, eu lamento muito. Ele é educado e tem família boa. Isso vai prejudicar a carreira dele. Eu, como presidente, sempre vou prezar pelo que é do Guarani. Se quiserem negócio, o Guarani terá que ter a sua parte financeira na transação", disse.
Porém, o mandatário mostrou tranquilidade em manter o meia no Bugre.
"Os advogados me garantiram que não tem como ele sair. Eu não vou culpar a diretoria passada, nem pessoas. A questão é a situação financeira que o clube passa, mas o atraso no pagamento do Léo nunca passou de três meses", completou.
Foto: Divulgação

Compartilhe:
Imagem Nuvem de Notificações
comments powered by Disqus

Últimas do seu time

Boatos e Rumores

Zagueiro do Cruzeiro pode ir jogar na Itália!

Precisando de um zagueiro bom e barato, a Juventus estaria interessada em Dedé. Segundo o jornal Tuttosport, o time de Turim está de olho no mercado sul-americano e o zagueiro seria uma prioridade para Allegri.

  • 77%
  • 23%
  • Voto realizado com sucesso
    • Divulgue para seus amigos
    • icone twitter