publicidade

Exatamente no dia dezoito de novembro de 1960, o "franzino" brasileiro, Éder Jofre, filho do argentino Aristides Jofre, conquistava pela primeira vez um título mundial do Boxe para o Brasil, na categoria peso-galo.
 
A luta aconteceu no auditório Olímpico de Los Angeles, nos Estados Unidos, tomado  pelos compatriotas do mexicano Eloy Sanches, adversário do são-paulino. Mas um cruzado de direita de Jofre acabou com as esperança dos mexicanos e trouxe o cinturão da "National Boxing Association?, principal entidade do esporte na época para a América do Sul.
 
Mito no pugilismo brasileiro, Éder Jofre, apelidado de "Galinho de Ouro? pela excelência na nobre arte entrou para o Hall da Fama do boxe em 1992. Mike Tyson, mito entre os peso-pesados disse certa vez ""Quando penso no Brasil, penso em Eder Jofre?.

 
O portal Terceiro Tempo homenageia o "Galinho de Ouro? com extraordinárias  fotos do Arquivo Público do Estado de São Paulo, especificamente do jornal "Última Hora?.  


Joe Becerra, boxer, ex-campeão mundial dos pesos galo, coloca um cinturão em Éder Jofre. O empresário Abraão Katznelson, à esquerda de Jofre, o pai e técnico, o argentino Aristides Jofre à direita .

 


 Acompanhado por Maria  Aparecida, então sua noiva e pelo argentino, técnico e pai, Aristides Jofre, o Galinho de Ouro embarca para Los Angeles (Outubro de 1960) para disputar o título mundial dos "Galos" com o mexicano Eloy Sanches.

 No aeroporto de Congonhas, em São Paulo (SP), o primeiro campeão mundial dos pesos-galo  do Brasil, Éder Jofre, aclamado pela imprensa e torcedores. 


O "povo" espera Éder Jofre, no aerporto de Congonhas, na capital paulista,  que dias antes havia derrotado Eloy Sanches e sagrado-se campeão mundial de Boxe da categoria peso-galo.

Éder Jofre é idolatrado pelos paulistas após a chegada no aereporto de Congonhas em 1960. Dias antes havia conquistado o título mundial dos Galos ao vencer Eloy Sanches por nocaute, em Lons Angeles(EUA).

No carro do Corpo de Bombeiros nas ruas de São Paulo. Ali começava a ser construído o "Mito" do boxe brasileiro.


E qual politico não quer a popularidade de um grande esportista? Na foto, o então governador do Estado de São Paulo, Carvalo Pinto.


E o Marechal da Vitória, Paulo Machado de Carvalho, entrega uma faixa comemorativa ao título mundial de boxe a Éder Jofre, no pátio da então Rádio Panamericana de esportes, hoje Jovem Pan.

Ademar de Barros, prefeito de São Paulo em 1960,
também homenageou o Galinho de Ouro.


Éder Jofre, Pelé e Aristides Jofre, técnico e pai de Éder, no estádio
do Morumbi em 1960.  Reparem na imagem que o "campo  
do Tricolor Paulista" ainda está em construção
.


 Éder Jofre, o boxer brasileiro campeão mundial dos Galos em 1960,  ganhou um "presentão" do empresário George Parnassus: o importado Impala 61 . O carro foi trazido ao porto de Santos pelo navio Klormacgulf .


Quando conquistou o título mundial da categoria peso "Galo" em 1960, Éder Jofre, recebeu muitas homenagens e uma delas foi em um clássico San-São. Veja o "Galinho de Ouro" dando a volta olimpíca ao lado de Zito (Santos) e Gersio Passadore (São Paulo).



Veja o cartaz anunciando a luta entre Éder Jofre com o mexicano Eloy Sanchez. O combate aconteceu nos Estados Unidos, precisamente em Los Angeles. O brasileiro venceu o desafio e conquistou pela primeira vez um título mundial de boxe para o Brasil.

Conheça mais sobre a história de Éder Jofre na seção "Que Fim Levou?"

* As imagens podem ser utilizadas livremente para finalidades educativas, desde que não atendam a interesses comerciais. Solicitamos a menção ao Arquivo Público do Estado como detentor do acervo e o crédito ao autor. Caso haja interesse em aquisição dos direitos autorais, o interessado deverá entrar em contato com o autor ou seus herdeiros.

Compartilhe:
Imagem Nuvem de Notificações

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2017

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Cor
    72
  • 2 Pal
    63
  • 3 San
    63
  • 4 Grê
    62
  • 5 Cru
    57
  • Veja tabela completa