publicidade

Embalado, o Corinthians não poderia ter empatado com o Atlético-PR em casa e com o Avaí em Florianópolis.

Eram dois jogos fáceis, seis pontos no papo e a manutenção do estado de graça de um time comum que tinha virado excelente nas ótimas e surpreendentes mãos de Fábio Carille.

Mas, ao ganhar do “invencível” Palmeiras dentro do Allianz Parque, comemorou demais e se acomodou.

Foi a chamada “letargia pós-orgasmo”, comum depois de um anterior grande sucesso no mundo do futebol.

Agora é segurar a onda, contrariar o profético Renato Gaúcho, recolher os cacos e recomeçar a ganhar.

Mas acho que perde do Fluminense no Rio.

E vou mais longe, adiantando-me ao final do primeiro turno.

Se o Grêmio não voltar com seus times mistos, os “míseros” seis pontos de gordura do Timão irão virar pó.

É que os quatro jogos finais do Grêmio são mais fáceis do que os quatro do Corinthians.

E o Tricolor gaúcho, do agora saudoso jornalista Paulo Sant´Ana, está para cima, embalado.

Enquanto que o líder de Itaquera deu uma perigosa estacionada.

E Paulo Sant´Ana, que estacionou no céu, era o Geraldo Bretas do Rio Grande ou o Mário Moraes de Porto Alegre.

O narrador José Carlos Guedes e eu o entrevistamos no Centro de Imprensa de Grotta Rossa da RAI em Roma, durante a Copa de 90 na Itália.

Nas duas TVs do estúdio da Rádio Jovem Pan rolavam uma luta de judô e a final de Roland Garros com o equatoriano Andrés Gómez sendo campeão.

Foi quando o grande Paulo Sant´Ana disse: “O tênis até que dá para engolir, mas judô nunca. As regras do judô são como cordas do violão, jamais vou entender ou aprender”.

Mas ele sempre ensinou jornalismo polêmico e histórico – o que adoro -, bem como a arte de cronista esportivo não omitir seu time sem perder a imparcialidade.

Paulo Sant´Ana subiu e espera que agora o Corinthians desça mais um pouco para o seu Grêmio encostar ou passar o líder.

Eu também.

Para mim, o Grêmio termina em primeiro lugar no final do primeiro turno!

“Acontecerá” o seguinte:

O Corinthians perde do Flu, do Fla e do Galo.

E empata com o Sport.

E o Grêmio ganha do São Paulo, do Santos, do Atlético-GO e do Galo.

Placar da tabela?

Grêmio líder com cinco pontos de vantagem!

É que o Timão perdeu o embalo, psicologicamente está caído e seu cristal, se não espatifou, trincou.

Não sei se o cristal é da República Tcheca, mas que os dois últimos empates para o Corinthians foram uma... Praga, isso foram!

Imagem: Túlio Nassif/Portal TT

Compartilhe:
Imagem Nuvem de Notificações

SOBRE O COLUNISTA

Milton Neves Filho, nasceu em Muzambinho-MG, no dia 6 de agosto de 1951.

É publicitário e jornalista profissional diplomado. Iniciou a carreira em 1968, aos 17 anos, como locutor na Rádio Continental em sua cidade natal.

Trabalhou na Rádio Colombo, em Curitiba-PR, em 1971 e na Rádio Jovem Pan AM de São Paulo, de 1972 a 2005. Atualmente, Milton Neves apresenta os programas "Terceiro Tempo?, "Domingo Esportivo? e "Concentraçã... Saiba Mais

Arquivos