publicidade
Mas saiba, Tite, que ainda dá tempo de salvar o hexa!

Mas saiba, Tite, que ainda dá tempo de salvar o hexa!

Quando escrevi na semana passada que estava confiante com relação à seleção brasileira na Copa da Rússia, não imaginava que os comandados de Tite iriam sofrer tanto para empatar com a regular Suíça e vencer a frágil Costa Rica.

O escrete canarinho iniciou o Mundial completamente perdido, travado e assustado.

Principalmente Neymar, o “dono” do time, que visivelmente não está 100% nestes primeiros jogos, após tanto tempo se recuperando da lesão no pé.

Mas o jogo para poupá-lo era este último, contra a Costa Rica, que ainda não determinaria uma classificação ou uma eliminação.

Agora, daqui para frente, ele terá que entrar em campo mesmo “baleado”.

Depois do Mundial, com o Brasil sendo hexa ou não, os médicos devem anunciar que o craque realmente não jogou o torneio 100% fisicamente.

Se a seleção vencer, será para exaltá-lo, se perder, será para justificar o fracasso.

Mas saiba, Tite, que apesar deste início claudicante da seleção na Copa, ainda dá tempo de salvar o hexa!

Basta seguir as preciosas dicas abaixo, de Milton “Rinus Michels” Neves.

Milton "Rinus Michels" Neves com a promissora garotada de Muzambinho, na década de 60 

Definitivamente, Paulinho não pode seguir como titular.

O volante foi muito bom para o Corinthians, teve seu período de sucesso no Barcelona, mas não está no nível de seus companheiros.

Ele se atrapalha na marcação, na armação e não tem mais conseguido surgir com efetividade como o decantado elemento surpresa na área do adversário.

O ideal, Tite, seria colocar o menino Arthur, do Grêmio, no lugar de Paulinho.

Mas, como você não o convocou, o jeito será escalar Fernandinho contra a Sérvia.

Willian teve uma temporada sensacional pelo Chelsea, mas não está rendendo nada na ponta-direita.

Tanto que o time melhorou muito no segundo tempo diante da Costa Rica, quando Douglas Costa entrou em seu lugar.

Melhor iniciar as próximas partidas com o jogador da Juventus, guardando toda a velocidade de Willian para as etapas finais.

E a última e necessária troca é a de Gabriel Jesus por Firmino.

Pode ser que um dia o menino do Jardim Peri se torne um grande centroavante, mas está claro que ele ainda não está maduro para usar a camisa 9 da seleção brasileira em uma Copa.

Roberto Firmino pode não ser um Ronaldo Fenômeno, um Romário ou um Careca, mas, no momento, está muito mais preparado para ser o nosso homem-gol.

Bom, aí está, Tite!

Seguindo essas dicas, a chance de o Brasil levar o hexa pula de 5,79% para 81,53%.

Caso contrário, se você seguir com as suas teimosias, vejo que temos grandes chances de cair ainda na primeira fase, com derrota para Sérvia e com vitória da Suíça diante da eliminada Costa Rica.

E o pior: com a “larga” Argentina conseguindo um milagre, se classificando com triunfo contra a fraquíssima Nigéria e tropeço da Islândia no duelo com a Croácia.

Aí seria quase um novo 7 a 1, não é mesmo?

 

 

Compartilhe:
Imagem Nuvem de Notificações

SOBRE O COLUNISTA

Milton Neves Filho, nasceu em Muzambinho-MG, no dia 6 de agosto de 1951.

É publicitário e jornalista profissional diplomado. Iniciou a carreira em 1968, aos 17 anos, como locutor na Rádio Continental em sua cidade natal.

Trabalhou na Rádio Colombo, em Curitiba-PR, em 1971 e na Rádio Jovem Pan AM de São Paulo, de 1972 a 2005. Atualmente, Milton Neves apresenta os programas "Terceiro Tempo?, "Domingo Esportivo? e "Concentraçã... Saiba Mais

Arquivos