publicidade
Comentarista da Globo `esquece` que já foi perdoado pelos seus problemas com as drogas

Comentarista da Globo `esquece` que já foi perdoado pelos seus problemas com as drogas

"Se o Robinho não tem mercado no exterior por exterior por estar condenado por estupro, não deveria ter aqui, também. Não se pode aceitar aqui alguém que é condenado por estupro. Está na hora de o Brasil ter valores melhores. O passado dele como jogador é ótimo, mas ser condenado por estupro tem um peso muito maior na minha opinião. A gente fala em punição para torcedor, banir torcedor de estádio, mas com jogador a gente tem um critério diferente”, WALTER CASAGRANDE, comentarista da Rede Globo.
 
Comentário meu - Casagrande está sendo injusto com Robinho. Pra falar a verdade, está sendo mesquinho. Ele teve um problema sério com drogas, e, se fosse `julgado` pela sua própria  régua, também não mereceria outra chance como comentarista da Globo. Depois de admitir seus pecados, voltou a trabalhar normalmente. Por que então Robinho não merece ser perdoado? Hipócrita!
 
LEIA TAMBÉM NO BLOG DO MARCONDES 
 
As manchetes dos jornais deste sábado
 
Fifa poderá acabar com amistosos de seleções e criar novos torneios internacionais
 
Valência da Espanha anuncia a contratação de Lucas Paquetá, do Flamengo
 
Tifanny, que antes se chamava Rodrigo, é um assombro na Superliga feminina de vôlei
 
Na Europa, todos querem David Neres, o garoto que o Sõ Paulo vendeu a preço de banana
 
Jornal catalão põe em dúvida a contratação de Mina pelo Barcelona

 

Compartilhe:
Imagem Nuvem de Notificações

Você também vai gostar

SOBRE O COLUNISTA

Marcondes Brito, como jornalista esportivo, fez várias coberturas de Copas do Mundo e Jogos Olímpicos e atuou como comentarista da BandNewsTV e Bradesco-FM. Foi editor do Correio Braziliense e Jornal de Brasília. Como executivo, foi diretor dos Diários Associados-PB, Diário de Pernambuco e TV Bandeirantes. Em 2008, ganhou o Prêmio Esso de Jornalismo.

Arquivos