• Palmeiras e Santos favoritos. Corinthians e São Paulo incógnitas

    - Por Fábio Salgueiro / há 2 meses

    Palmeiras campeão brasileiro é a principal força entre os quatro grandes do estado. O Santos, vice-campeão nacional, vem no vácuo. Já Corinthians e São Paulo apresentam empate técnico como grande incógnita na temporada

    O Palmeiras campeão brasileiro é o melhor time entre os quatro grandes de São Paulo. O título nacional e a força do elenco, recheado de bons nomes, provam isso. Já o Santos, vice-campeão brasileiro, vem na sequência, na condição de segunda força entre os chamados grande do estado.

    A incógnita fica entre Corinthians e São Paulo, que apresentam um empate técnico na terceira colocação. Não se pode cravar o que esperar dos dois clubes, que num passado recente dominavam o futebol paulista. O panorama mudou.

    O Palmeiras é favorito em todas as competições que disputar. Inclusive, a Libertadores da América, o grande sonho alviverde, já vê o clube como uma das principais forças na disputa.

    O Santos também promete entrar forte em todas as disputas. O alvinegro manteve a ótima base e reforçou ainda o elenco, o que garante à equipe de Dorival Júnior uma boa dose também de favoritismo.

    Corinthians e São Paulo buscam montar seus elencos. No entanto, sofrem com a falta de dinheiro. O Alvinegro com Fabio Carille e o Tricolor com Rogério Ceni. Dois novos treinadores, que encaram um enorme desafio à frente dos seus clubes.

    Ambos têm a obrigação de brigar pelo título das competições que disputarem no ano. Destaco sobretudo a Copa do Brasil e a Copa Sul-Americana. No entanto, neste início de temporada não se pode medir a força destes clubes na disputa das competições.

    Imagino a interrogação que toma contamina corintianos e tricolores.

    A temporada promete, sobretudo para palmeirenses e santistas. Já os outros dois rivais entram como franco atiradores, quem diria...

    Façam suas apostas!

     

    Acesse o Blog Salgueiro FC. Clique!

    Twitter: @salgueirofc

    Foto: UOL

     

    Compartilhe:
    Imagem Nuvem de Notificações 9999
  • Drogba não é um Ronaldo, mas pode ser uma boa para o Timão

    - Por Fábio Salgueiro / há 2 meses

    O astro Didier Drogba pode pintar no Corinthians. A negociação está em curso e as chances são grandes de o marfinense desembarcar no Parque São Jorge. Depois de Ronaldo, que fez história no Timão, seria o grande nome a vestir a camisa alvinegra nos últimos tempos.

    Entre os torcedores, Drogba é quase unanimidade. A Fiel abraça o nome do jogador. Já entre os diretores e o presidente Roberto de Andrade existe um racha que pode melar a negociação.

    Vejo Drogba como um bom nome. Apesar dos 38 anos e do pouco futebol nos últimos tempos, o veterano atacante seria uma boa pelo fato de o Corinthians estar em baixa. O time não tem a Libertadores no calendário e estará fora dos holofotes na temporada. Com Drogba, tudo mudaria.

    O Corinthians precisa usar a criatividade para atrair mídia e atenção num ano que promete ser muito duro para o clube. Drogba seria um ótimo apelo para atrair torcida. O clube precisa de bilheteria para pagar a Arena de Itaquera e com Drogba ganharia isso também.

    Enfim, vejo como positiva a possível chegada do astro.

    Os salários girariam em torno de R$ 500 mil/mês, o que torna a negociação muito viável. Vale ressaltar que o Corinthians atual não tem uma grande estrela e com Drogba ganharia este status. Sem contar que o marfinense engrossaria a lista de jogadores com mais de 35 anos que atua com sucesso no futebol brasileiro.

    Torço pela chegada de Didier Drogba. A contratação faria bem ao futebol brasileiro, em especial ao futebol paulista.

     

    Acesse o Blog Salgueiro FC. Clique!

    Twitter: @salgueirofc

    Foto: UOL

     

    Compartilhe:
    Imagem Nuvem de Notificações 9999
  • Neymar só chegará ao topo longe de Messi

    - Por Fábio Salgueiro / há 2 meses

    Cristiano Ronaldo foi eleito, de novo, o melhor do mundo pela Fifa. A escolha mantém o português no topo em seu duelo particular desde 2008 com o argentino Lionel Messi.

    Pergunto: quando Neymar chegará ao topo, ou seja, será eleito o melhor do mundo? Após um ano em que terminou com a inédita medalha de ouro olímpica, o brasileiro ficou de fora da lista final dos três melhores e não figurou nem na seleção considerada ideal pela Fifa.

    Neymar é craque. Já teve ótimos momentos no Barcelona. No entanto, vejo o atacante como um eterno coadjuvante de Messi no time espanhol. Para chegar ao topo, defendo que Neymar torne-se protagonista e para isso acontecer necessariamente ele precisa se distanciar da sombra do argentino.

    Pelo Barça, Neymar pode trocar o sonho de chegar à condição de melhor do mundo. Assim como aconteceu com Rubens Barrichello, quando optou por ser piloto da Ferrari e tendo ao seu lado, como número 1, Michael Schumacher.  Ali o brasileiro escolheu nunca ser campeão e trabalhar pelo sucesso alheio. São escolhas de cada um.

    Neymar é novo e tem muito futebol pela frente, é fato. Mas existem coisas que não mudam, sobretudo no futebol europeu. Neymar pode jogar muita bola, como já fez com a camisa do Barcelona, mas nunca deixará de ser um parceiro de luxo de Messi.

    Inclusive, vejo Neymar com uma enorme preocupação de ser um ótimo coadjuvante do argentino. Os jogos provam isso. Neymar atua para fazer Messi brilhar. O contrário não acontece.

    Postura assim deixará o brasileiro entre os melhores, mas nunca no topo. Neymar precisa ter personalidade cavar seu espaço. É difícil fazer isso no Barça, por isso defendo que Neymar busque isso longe do clube espanhol. Com Messi, ele não vai conseguir. Lionel é uma herança que o Barcelona vai carregar por ainda longos anos.

    Neymar não pode e nem deve esperar.

     

    Acesse o Blog Salgueiro FC. Clique!

    Twitter: @salgueirofc


    Foto: UOL

     

    Compartilhe:
    Imagem Nuvem de Notificações 9999
  • Copa do Mundo com 48 seleções? Bom só para os cofres da Fifa

    - Por Fábio Salgueiro / há 2 meses

    A Copa do Mundo terá 48 seleções a partir de 2026, ou seja, 16 seleções a mais que o atual formato, que conta com 32 times. A decisão da Fifa é uma jogada política e financeira e deixará o maior torneio do mundo da bola em cheque. É fato que a Copa perderá na questão técnica, ampliando a disputa e colocando mais seleções inexpressivas na disputa.

    Nada, nenhuma fórmula de disputa, minimizará o impacto na questão técnica. Serão mais jogos, é fato, mas entre seleções inexpressivas. Vale a pena? Sim, vale para a entidade máxima do futebol. Apenas para ela.

    O principal defensor do inchaço no número de seleções no Mundial de 2016 é o presidente Gianni Infantino. E existe ao menos duas explicações para o desejo do atual mandatário: a estimativa é que a entidade tenha um aumento entre US$ 750 milhões e US$ 1 bilhão nos contratos de televisão do Mundial, além do aumento no número de vagas por continente agradar mais países e, portanto, membros do Congresso da Fifa, que elegeu Infantino ao cargo e que decidirá se ele continua. Tá explicado.

    Mais uma vez o esporte, neste caso o futebol, ficará em segundo plano, em detrimento a interesses políticos e financeiros. Resta-se lamentar. A Copa do Mundo seguirá sendo o maior espetáculo do mundo da bola, porém com mais dinheiro e menos técnica. Mais politicagem e menos glamour. Uma pena...

     

    Acesse o Blog Salgueiro FC. Clique!

    Twitter: @salgueirofc

    Foto: UOL

    Compartilhe:
    Imagem Nuvem de Notificações 9999
  • Conca e Diego juntos. Quem segura?

    - Por Fábio Salgueiro / há 2 meses

    Conca é argentino, camisa 10, craque. Meia agudo, que não joga há algum tempo, escondido na China, mas que vale a aposta. O que não valeria era não repatriá-lo. Conca é do Fla. Conca é um baita reforço.

    Alguém duvida de Conca? Não duvide. Conca só estará apto a jogar talvez em maio. Lesionado, foi contratado assim mesmo. Mas se pudesse jogar apenas em junho, a contratação também valeria a pena. Fla acertou. Mais uma.

    Diego e Conca juntos. Quem segura?

    Baixinho, driblador, inteligente... Conca é tudo isso. Ídolo no futebol brasileiro, fez história no Vasco e Fluminense. Agora chega ao Rubro-Negro. Já foi sonho do São Paulo, Palmeiras e demais clubes do país, mas o Fla que o garantiu. Craque não da camisa 10, pois ela já tem dono, mas nem interessa o número da camisa. Conca joga, e bem, até sem camisa.

    Por falar em Palmeiras, o Alviverde divide as atenções com o Flamengo. Ambos os clubes saem na frente em contratações e dominam as manchetes. No papel e na bola, favoritos a tudo que disputarem na temporada. As suas torcidas, em polvorosas, aguardam a bola rolar.

    Já os rivais... Observam, preocupados e com dor de cotovelo. No futebol, assim como na vida, quem pode mais, chora menos...

     

    Acesse o Blog Salgueiro FC. Clique!

    Twitter: @salgueirofc

    Foto: UOL

     

    Compartilhe:
    Imagem Nuvem de Notificações 9999
Exibindo 5 de 300 Notícias

SOBRE O COLUNISTA

Paulistano com muito orgulho, Salgueiro, como é conhecido, é pisciano, jornalista diplomado, repórter fuçador, irriquieto e um cidadão inconformado. Engatinhou na profissão na Rádio CBN, onde aprendeu muito no rastreio das informações. Depois seguiu para a imprensa escrita, no DIÁRIO POPULAR, que virou mais tarde DIÁRIO DE SÃO PAULO, permanecendo por lá 14 anos. Nos últimos anos colaborou com v&a... Saiba Mais